sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Paris - Suiça - Munich

É mané!!
Depois de certo tempo tenho que escrever novamente algo aqui. E acho que tenho que ser mais breve com minhas postagens, elas tem ficado cada vez maiores.

Continuando sobre a viagem a paris, ééé.. aquela que eu me tremi todo..
que deu uma pane no avião... TRISTASSO!!!!
Mas como eu sobrevivi, posso continuar com a historia. Felizmente!!! :o)

Volto a estaca zero, cheio de medos, duvidas e pensamentos negativos. Ai ai ai... o que será agora?
3:30 da manhã saio de casa rumo a cidade de Klagenfurt para pegar o outro jatinho e decola as 5:45 da manhã.
Que tristeza, acordar a esta hora para viajar 2 horas em uma Autobahn de 5 pistas de ida e mais 5 de volta, retas e mais retas alguns vários túneis passando por de baixo de montanhas gigantes e congelantes.
Carros passando a 200km/h sem a menor preocupação, todos são muito organizados até nas rodovias e estradas. 1ª pista, claro.. acostamento, 2ª pista são para caminhões e carros lentos, 3ª pista para carros lentos mas não tão lentos quanto os lentos. :o) 4ª pista para uma viagem agradável para se dirigir normal entre 110km/h até os 130km/h. 5ª pista é para ultrapassar os carros da 4ª pista, mas ao ultrapassar na 5ª pista logo se volta para a 4ª pista para não atrapalhar os seguintes. E por final a 6ª pista é utilizadas pelos frenéticos ligeirinhos, os que andam acima dos 200km/h. Não tem como explicar por aqui, só sei que é algo absurdamente organizado e respeitado. Se torna chato dirigir. :p
Meu tio me leva usando a 6ª pista da autobahn para que possamos chegar a tempo para o meu vôo. Formula 1 em plena Áustria.
Eu nem pude ter medo da velocidade pois ela se passa imperceptivel pela qualidade da rodovia e pelos carros que trafegam, só carrão silencioso!!! O meu Golf no Brasil, que é novo e para nível Brasil é silencioso, seria um chocalho para nível Áustria. TRISTASSO!!!
Ao chegar na cidade de Klagenfurt e em seu aeroporto, logo procuro a entrada V.I.P. para poder pegar o meu jatinho destino a paris. Os dois pilotos já estão a minha espera, quando já pegam as minhas malas, eu ainda me despeço de meu tio e sigo os pilotos até o avião. É, esse é um avião!
6 lugares novamente, 2 de pilotos e 4 de passageiros, mas desta vez era um jatinho elite.
Sento em meu acento, me prendo ao cinto de segurança. E vamo que vamo!!! Dou uma olhada geral no avião para ver se tem algo incorreto, não sou especialista.. mas quem sabe não vejo algum parafusinho solto ou uma porca froxa ou um pássaro preso em uma das turbinas, sei lá né.. vai que vejo algo a tempo antes de decolar para que ninguém passa perigo. Melhor 6 olhos do que apenas os 4 dos pilotos. Felizmente eu não achei nada, mas para eu ter feito isso eu na verdade estava achando infelizmente, pois estava tenso para pegar o jatinho, vai que acontece algo de novo.. e quando acontece pela segunda vez..sempre acontece pior..
Mas como eu não achei nada, não achei a desculpa para ficarmos no chão e não decolarmos, vamos ter que decolar e eu engolir a minha tensão!! RUMO a PARIS!!
E lá começa todo aquele ritual novamente dos pilotos e claro o meu também.
O deles de verificar tudo, o meu? O meu de rezar para todos os deuses.
E depois de alguns vários minutos, o avião começa a se locomover lentamente e assim lentamente começa a reaparecer o meu medo e assim ele aumenta sucessivamente com o aumento da velocidade do avião. Eu aperto meus dedões fazendo o sinal de figas peço a todos os deuses de todas religiões e crenças que tudo de certo. Mas eu em seguida já desfaço as figas e desaperto os dedões por da ultima vez não ter dado tão certo, ai fico pensando pensando em que novo poderia fazer mas... então..
UooooooooooNnnnn e ele sobe!!! Ai meu deus do céu!! E ele sobe mais e mais..
Pisco, repisco dou mais uma piscadinha, olho para um lado, olho para o outro, ainda estou vivo!!!
Alguns minutos após eu começo a me acostumar novamente com um jatinho, meu medo não esta mais me consumindo 100% naquele momento estava só mais em uns 87,7%, sinal bom né? :o)
Ao passar pelas nuvens, o avião dá aquela chaqualhada normal, mas neste caso a chaqualada é um pouco maior, pois o aviao é um pouquinho menor que aquele tradicional 747. :o)
Mas até está me sai bem!! Estou me reacostumando aos prazeres da vida.
Mais tarde não vejo mais nuvens, vejo apenas montanhas calcificadas com neve e gelo em seus picos, estes estão deveriam ser os Alpes, neste momento deveríamos estar sobre a suíça, eram montanhas seguidas de montanhas. Uma maravilha!! (Tinha que abafar o medo!!)
Após as 2 horas de vôo a Paris, com um pouso perfeito e sem maiores frustrações. Me encaminho para a saída para pegar um táxi. O táxi como de comum aqui na europa, mercedes E500.
Entro no táxi e como uma pessoa simpática logo começo a me comunicar, o táxi um Togolês (Togo – país Africano), sabe como é né? Sem falar francês, e sem francês gostar de se comunicar em inglês.. ai tem problema, mas isso a gente que é malandro e sangue-bom tiramos de letra.
Togo é um pais que foi para a copa pela primeira vez em sua historia, então obviamente qualquer Togoles deveria saber sobre futebol nesta altura do campeonato. E logo digo que sou Brasileiro!! E que Togo surpreendeu na Copa do mundo, pronto!!! Começou o papo!!! Papo vem, papo vai, a base de sinais e sons. A comunicação foi boa até o lugar de meu destino em Paris.
“É shok! Aqui nois tenta se virar com que nois tem!!!”
Paris, Paris!!! Pois é estou em Paris!!! Mas como o Hilton está lotado!! (Se for Paris, só se for Hilton) Vou seguir adiante com a minha viagem e vou para meu destino na Suíça. Mas usando TGV!!! (TGV-Trem bala, atinge a uma velocidade acima de 400km/h e atravessa toda a frança.)
Logicamente tive que ir desta forma a suíça. Para ter idéia, uma viagem assim tipo Rio-SP, custa neste trem algo em torno de 500 reais. Mas o propósito é este!!! Andar de TGV!!!!
Espero algumas horas para que eu possa pegar o TGV com destino a Lausanne-Suiça.
Na estação vejo inúmeros TGV’s chegando e saindo, parece uma nave espacial o bichinho.
Não vejo a hora de pegar o meu com destino ao meu destino. :p
Eu me sento em um dos bancos de espera na estação de Lyon, a estação lotadaaaa de turistas e de franceses como também de imigrantes. Sabe como é né... ficar esperando sentado por horas se torna um saco, eu já não sabia para onde olhar, para onde me mexer, aonde colocar os pés, as mãos e por ai vai. E levantar cada vez era um risco de perder o lugar e ficar sem por horas.
Pois é. TRISTASSO!!!!
Ao meu trem-bala chegar eu me levanto e sigo em direção a ele, para achar o meu lugar marcado, meu lugar era num vagão longe a vera, só sei que eu ando muito ate chegar ao meu vagão, isto que ainda tenho que levantar a minha mala de agora uns 35kg, e depois tenho que botar a tal mala também no porta mala que fica acima dos acentos a uns 2metros de altura. TRISTASSO é levantar uma mala gigante que ainda por cima pesa 35kg e um bando de pessoas te olhando a cena ridícula que é. Eu fazendo careta, botando a lingua entre os dentes e fazendo força+equilíbrio para colocar a mala sobre o acento a 2metros de altura, era tanta informação de equilíbrio e força mais a vergonha que as veias em minha testa ficaram a mostra.
Dentro do TGV tudo muito moderno, portas-automaticas, varias telas com informações adicionais a viagem, etc...
Claro que com toda a sorte que eu tenho, não pude de ficar honrado em poder me sentar ao lado de uma francesa com uma criança no colo. Quando a vejo eu dou um sorrisinho, não de flerte e sim de “oi! Eu sou o seu vizinho de poltrona!”. Essa mesmo me joga um sorriso de volta e a criança me olha com cara de sapeca. Ela se senta em seu lugar na janela e eu me contento com o meu lugar de corredor.
O trem como marcado parte no minuto exato marcado em seu bilhete. Ele começa a rolar acima dos trilhos, eu olho por entre a francesa e o pequenino dela em seu colo para avistar os primeiros momentos da viagem. A criança por si própria, fica toda entusiasmada fala e repete zilhoes de vezes TGV!!! TGV!!! E assim por diante começa a perguntar, para onde o TGV vai, o que era aquilo ali que esta passando na janela, as vezes a mãe nem conseguia responder por nem conseguir avistar por o TGV ser tão rápido. Pois bem, a viagem seria de 4hras e 3minutos. SERIA!!! Mas no meio do caminho em uma estação em q paramos deu algum problema e assim teríamos que esperar 2 horas!!!!!! Ai meu deus do céu!!! E a criança não parava de pentelhar cada minuto que se passava no relógio eu ficava mais e mais tenso e a criança ao invés de descansar depois de ter falado por 3hras interruptas ela parece que vai falar por mais 10 ou 20hras sem um descanso. A mãe coitada, nem ela agüentava mais. Ela tentava brigar e a criança começa a responder ou gritar, gritar? Sim!! GRITAR!!!!! Ela começava a gritar no meio do vagão, todas as pessoas ficavam olhando para mim por eu ser alto e ainda estar sentado na janela, talvez as pessoas pensavam que eu pudesse ser o pai, o tio, o irmão mais velho, ou sei la, algum grau parentesco que pudesse fazer com que fizesse calar a criança. Mas infelizmente ou felizmente eu não era nada desta criança e da mãe. Tive que me conter com a vergonha e com a criança berrando ao meu lado e a mãe que eu achava coitada, eu já começava a pensar bem feito a ela, por ela não saber criar o filho de uma maneira mais educada. Meu irmão!!! Eu aqui escrevendo já fico com raiva de lembrar, a viagem parecia tipo viagem de dar a volta ao mundo, não acabava, nada dava certo a criança babava de esperniar de gritar de berrar de chorar.
A minha viagem de trem-bala que deveria ser agradável e confortável, se transformou na viagem de trem-dos-horrores. TRISTASSO!!!!
É mané berimbau não é gaita não!!!
Naturalmente depois de eu chegar com duas horas de atraso ninguém mais estaria me esperando em estação alguma para me levar para casa.
Ao chegar na estação de Lausanne depois de 6 horas de viagem dos horrores no trem-bala. Eu preciso ligar para meu primo, para que me buscasse.
Okay!! Agora a odisseya de ligar, meu deus do céu, tudo para mim é uma complicação que só!
O orelhão é em outro andar, então para chegar ate ele, tenho que levar as minhas pequenas malinhas para outro andar, via escadarias. Lá vou eu!!! Pego todas malas e vou subindo de degrau por degrau, suando num frio de 6 Graus celcius, é mane!! Já já viro o incrivel-hulk!
Era então a subida! Ao atingir o andar eu vejo que o orelhão não aceitava euros, nem reais, nem dólares, aceitava apenas Francos-Suiços. E aonde eu iria arrumar agora francos suíços em pleno domingo numa estação pequena e já tarde a noite?? Pois é... Lá vou eu, desço todos degraus, de degrau por degrau, mala por mala, força por sem força.
Pergunto as poucas pessoas que ainda estão nesta estação se elas trocariam para mim euros por francos em moedas e nada de eu conseguir, na boa, já tava pensando em pedir esmola, para conseguir os poucos francos suíços que eu precisaria para fazer uma ligação sequer.
Vou para a rua, não para pedir esmolas mas sim para pedir a algum taxista para que possa trocar 5 euros por alguns francos suíços. E o taxista mal humorado nega, um absurdo, um FDP!!
Então eu faço melhor, eu me sento no táxi e digo que quero ir ate o mais próximo hotel, ele pega minhas malas e coloca no banco de trás, eu me sento ao seu lado e la se vai a ida de táxi.
No primeiro sinal eu digo que quero voltar para a estação de trem, ele não entende e eu digo que quero voltar e para que ele não discuta pois eu estava pagando.
Então ele da a volta e em 1minuto estava de volta a estação e o pago, e ele teria que me dar o troco em franco.
Pois bem então obtive os meus francos de uma maneira justa e um cambio pré-escrito pela lei.
Volto e subo novamente a escadaria para ir ao orelhão, consigo falar com o meu primo e ele me diz para pegar o próximo trem para a cidade vizinha, o trem sairia daqui a 40 minutos.
Okay, né? Quem já passou por tudo em algumas horas, o que seriam 40 minutos então?
Ao chegar o meu primo me busca num conversível espetacular, mas e daí? Com o frio que esta num conversível eu virei picolé!!! Congelei!
Ele logo me leva ao seu hotel, Rive Bleu, que fica na outra pontinha do lago de Genebra, pois é.. o lago mais luxuoso de toda a europa. Eu trabalharia aqui neste hotel e em mais 6 restaurantes que ele possui em volta do lago de genebra. Ao chegar no hotel eu logo janto uma ótima comida típica africana, carne de anlilope. Tomo um banho e vou dormir que amanha será um novo dia. :)

O novo dia!! Minha nossa senhora!!! Acordar de frente ao lago de Genebra é outro nível. É algo absoluto. Lago de genebra é cercado por montanhas gigantes e cidadezinhas extremamente lindas. Com direito a castelinhos e palácios que rodeiam toda a região. Algo realmente fabuloso.
A frente do hotel fica a “praia” do lago e com um gramado gigante, aonde todos tomam sol.
Existem pedalinhos, barquinhos a remo, caiaques e lanchinhas a motor. Aquelas lanchinhas dos anos 50, feitas em madeira, tudo muito chique e tradicional.
Tudo simplesmente perfeito. Tão perfeito que não agüentei sequer uma semana. Como assim??? Como não agüentar meses ou anos em um lugar perfeito? Pois é o Brunão aqui, não gosta das coisas perfeitas. :p
Simbora do lugar perfeito e vamos procurar um novo destino na europa.
Em uma breve pesquisa pelo mapa. Quase um Uni-duni-tê, a cidade escolhida foi Munich na Alemanha. Loucura? Pode ser, isso se chama crazylifestyle.com.
Ao decidir em alguns segundos o futuro. Ligo para querida minha mãe para contar da novidade. Ela por minha sorte me apóia em tudo como também tenta confiar em mim.
Conto os motivos de minha decisão, ela não gosta muito, mas me compreende e me deixa seguir o meu novo rumo. Ela ainda me ajuda ao entrar em contato com uma velha amiga da família para ver se eu poderia ficar alguns dias sobre em sua casa para que eu pudesse procurar algum novo lugar para ficar e um emprego. Minha mãe é minha mãe! Mais que mãe, meu anjo da guarda!
Então pego minhas malas, digo adeus ao lugar perfeito e sigo rumo a estação de trem. Compro o primeiro bilhete possível com destino a Munich – Alemanha. Tive incrivelmente sorte, o primeiro trem com destino a Munich, partiria daqui a 10minutos. Mas ai logo vem um pequeno azar, tenho que trocar 6 vezes de trem até chegar ao meu destino e a viagem duraria 7 horas e 43 minutos.
Mas o que me importa isto? Já me acostumei com todas estas horas e horas de viagem.
Corro para o meu trem, jogo a minha mala de 35kg no porta-malas que fica acima dos bancos a 2 metros de altura, já to ate me acostumando com o tal do equilíbrio e a força. Faço todo o ritual de sempre, e me sento. Desta vez não há nenhum vizinho de assento. Tenho dois lugares só para mim. Eita felicidade!!! O trem não é um TGV da vida, os bancos não são nada confortáveis, mas e daí? A partir daí tudo era para ser só felicidade!!! Ainda mais iniciando com dois assentos só para o Brunão aqui!!
Para que fui agradecer tanto??? Em menos de 30min de viagem o trem para em outra estação para pegar novos passageiros, acreditem ou não.. entra um grupo enoooooorme de turistas chineses ou japoneses, só sei que falavam tudo xinguilingui e tinham aquela cara de terem algo azedo na boca para fechar tanto os olhinhos e ficarem com olhos puxadinhos.
Okay!! Cada xinguilingue tava equipado com bandeirinha da excursão, goma de mascar, lenço de choro ou sei lá de que, casacão de frio e logicamente abastecidos com utensílios tecnológicos, como mp3player, celular que se parece um transformer, filmadora e logicamente inúmeras câmeras fotográficas ou digitais.
Ao meu lado quem se senta? Um xinguilingue bem arrumado, com duas câmeras fotográficas penduradas em seu pescoço. E com um sorriso de orelha a orelha.
A viagem reinicia e os xinguilingues não paravam quietos com a sua fala esquisita de xun xun xin xá la bin bin bin xá ka la ka bin. Era uma gritaria uma felicidade, parecia aqueles ônibus de torcida de jogo de final de campeonato estadual, mas neste caso de final de campeonato de karate ou aikido ou sei la o que!!!
Meu irmão!! Não dá para escrever como era, os bichinhos estavam transtornados de felicidades, ao menos era essa a sensação me passavam. E o xinguilingui ao meu lado? Parecia uma maquina de tirar foto de 3x4, não parava quieto com a câmera, passava um castelinho.. ele tirava umas 20 fotos, passava um casa... ele tirava mais umas 20 fotos, passava um muro... tirava mais 20 fotos, passava uma plantação.. mais 20 fotos, passava não sei o que.. eram mais 20-40-100 fotos. E a cada foto ele me dava um sorriso amarelo de felicidade. Na boa, eu tava me achando numa boate, era luz e flash para tudo que é lado. E os outros? Faziam a mesma coisa!!!!
Outra hora um pai xinguilingue começou a brigar com a talvez filha ou sobrinha xinguilingue de uns 20anos aproximadamente, a coitada começou a chorar, dá para imaginar xinguilingue chorando? Nem tente imaginar!!! Os olhos de puxadinhos já parecem com os que choram e prendem seus olhos, mas desta vez eu percebo que deus fez tudo certo e pensou em tudo, eles já nasceram com os olhos chorando, mas quando realmente choram, eles arregalam os olhos e as lagrimas jorram para todos os lados parecendo aqueles springers de molhar plantas, aqueles coisas que giram jorrando água nas plantinhas. É mane, xinguilingue chora assim.
Tadinha da xinguelingue deve ter perdido o momento exato de tirar a foto perfeita do álbum 654365464 do pai xinguilingue.
A viagem foi tensa e duradoura!! Entre flashs e chorros eu ainda tento descansar, algo que se torna impossível, pois a cada momento era um flash.
Ahhh e quase esqueci das criançinhas no banco da frente com as bandeirinhas da excursão.
As criancinhas não paravam de mexer as bandeirinhas para cá e para lá. Até que a mãe xinguilingue ofereceu um lanchezinho aos dois e sei lá o que aconteceu, as crianças de aproximadamente uns 6-7anos começaram a brigar, ou talvez a lutar um kung-fu na poltrona da frente, era algo assustador, parecia uma mistura de pokemon com cavalheiros dos zodíacos.
TRISTASSO!!!
É querido leitor, ta vendo? A vida é um aprendizado ainda mais dentro de transportes públicos.
Após de algumas horas chegamos a Zurich, ainda na Suíça. Mas já na parte que se fala alemão. Menos mal para mim. Na estação de Zurich devo esperar agora 35minutos até pegar o próximo trem a munich. O que fazer durante este tempo? Alem de carregar as malas pesadas por ai, queria comprar algo para ler e para beber como também para comer.
Logo avisto uma banca e entro para escolher uma revista. Como não sei o que queria ler e o que ler, por ser tudo novidade para mim, todas revistas são aquelas que nunca folhetei em minha vida. Então tive que procurar algo que agrade o meu gênero.
Pois é.. a vida não é dura! Mas mole eu tenho certeza que ela também não é! Ao folhetar umas 2 revistas para ver o conteúdo de cada, me aparece o carinha do caixa com um sotaque de algum pais da europa ocidental e me fala “Você veio para comprar revista ou apenas ler sem precisar pagar?”. Na boa!! Eu não pensei duas vezes e respondi. “Pega suas tralhas e suma daqui, você esta despedido!”. HAHAHA!!!! Tinha que ver a cara do jornalheiro romeno/húngaro ou sei la que nacionalidade que ele tinha. O cara fez a cara mais hilária do mundo, se fechou tudo e virou a cara e voltou pro caixa e disse não entender o que aconteceu! HAHAHA eu logo aproveitei da situação e queria zuar mesmo, ainda tinha alguns minutos e perguntei a ele se ele não tinha escutado o que eu disse, com tanta convicção que o cara ficou com cara idiota. E para finalizar eu ainda disse. “Relaxa aí mane!” e dei meia volta e sai da banca. Fiquei meio tenso por talvez ele vir atrás de mim ao perceber que era uma farsa. Andei um pouco mais rápido e fui a direção de uma loja que vendia bebidas e esperei por la até a chegada de meu trem. É mane!!! A vida é essa!! :DChega o meu trem, eu entro, faço todo aquele ritual novamente e depois sento aliviado com que nada deu errado e dou um sorriso maroto e feliz por uns 5 a 10minutos eu fico rindo sozinho sobre o que aconteceu. Simplesmente esplendido. :o)

terça-feira, 28 de agosto de 2007

Jatinho!

Hey Ho!!!!

Mas nada de lets go!!!
:P


Quase dois meses na europa.. vim daí pra cá de cá pra lá de lá pra ali de ali para alá e fui de alá quase para igreja!! Ou não?
Bem, já viajei quase 20mil kilometros em quase 2meses, dei quase a volta ao mundo se for considerar a kilometragem.
E aonde estou?? No momento em Munich!!!
Historias deste tempo..
Vou contar sobre os ultimos 7 dias.
Iniciando.. claro.. pelo inicio destes 7 dias. Quarta feira.
Então.. quarta feira dia 15 de agosto, manhã.. quente e extremamente seca. Tenho que citar que extremamenta seca pois a minha pele.. hmm… pq será que estou falando da minha pele? Virei tchola? Não!!!!!!!! Isso jamais!!!!!!! Mas tenho que falar da pele seca, por o clima não ser tropical ele é um clima seco, então quem está acostumado com clima tropical e vem para um clima seco logo percebe a diferença. Tenho que passar cremezinho hidratante a cada meia hora, senão iria ficar parecendo alguém que esteja mumificado de tão seco que estaria. Serio.. é vergonhoso ficar levando meu cremezinho hidratante para todo lugar que vou e ficar passando na frente de todo mundo. Ou passo vergonha passando o cremezinho hidratante ou passo nojo para outras pessoas que acham que estou apodrecendo, minha pele fica descascando sem parar e esfarela. Enfim.. TRISTASSO!!!!!
Mas enfim.. deixa o cremezinho hidratante de lado e vou falar da minha semana..
Voltando.. Quarta feira dia 15 de agosto, manhã.. quente e extremamente seca. Acordo, tomo meu café da manhã tomo meu banho e digo bom dia ao sol. Penso.. o que farei hoje? O sol me chama e diz, “PISCINA!!!”. Logicamente fui influenciado por ele. Boto a sunga, pego a mochila enfio a toalha e vamo que vamo!!
Na áustria existem piscina comunitárias, tipo piscina de clube. Mas que qualquer pessoa pode usufruir pagando uma certa quantia de cada vez que for num destes lugares aonde existem piscinas comunitárias.
Pego um busão, pago a soma certa de tantos euros e vamo que vamo!!
Busão austríaco.. Quase idêntico ao bus do brasil.. aquelesss.. grandões, lotados, cheio de gente empurrando, cheio de trabalhador que passou o dia todo suando a vera, gente fumando pela janela, gritando e xigando gente na rua, com roletas para entrar ou sair, trocador com unha gigante mal feita para coçar piolho, cutucar o nariz ou então colhetar cera do ouvido, motorista xingando a vida e passando raspando nos carros, colando na traseira de outros, passando do ponto e deixando as pobres pessoas esperando cheio de expectativa para que consigam o próximo. Sim QUASE este tipo de nível, só um pouco mais ameno e menos critico. Ônibus austríaco, você vê no ponto a que horas ele chega, por exemplo.. ponto tal.. ônibus numero tal.. chega a hora tal..
Exemplo: Ponto: Parada Tchan
Ônibus N’.56
Parada as 13:47
E realmente o onibus chega as 13:47. Como????? Na minha cabeça isso não entra, como o ônibus chega exatamente no minuto exato demarcado. Parece que todos entraram na hora exata, não existe carro na rua, parece que não existe sinal nem nada. Mas tudo existe que nem no brasil, mas tudo é calculado hora por hora, minuto a minuto, segundo por segundo e milésimo por milésimo. Tudo e exatamente organizado.
O ônibus, limpo, com musica ambiente, telas plasmas com programas interativos e outras telas indicando aonde o trem esta e o que esta por vir. A cada parada surge uma voz de aviso qual será a próxima parada. E as roletas e o trocador? Isso não existe, existe apenas um comum consenso que todos são educados e corretos e todos pagam devidamente o valor correspondente a cada viagem feita em pontos de ticket espalhados pelos pontos de ônibus.
É coisa de louco, ou então coisa de normal, não sei o que é mais louco, o nosso esquema ou o deles.
Enfim, como previsto pelo horário itinerário do ônibus, a chegada a minha parada é as 14:03.
Salto do ônibus ando uns metros e aí estou eu a frente da entrada da tal piscina. Pago a quantia pré-escrita, entro e vejo.. a maior piscina que eu já tinha avistado. Deve ser do tamanho de um quarteirão de ipanema. Centenas de pessoas dentro e mais centenas fora. A piscina de água cristalina, nunca tinha visto uma piscina tão bonita, tudo me parece novidade.



Eu fico olhando impressionado a beleza da piscina, até que IHHHHHH!!! Caraca!!!! Xiiiii!!!
Duas mulheres passando a minha frente de top-less!! Nossa! Paro e penso rápido.. será q eu olho ou não? Será q serei preso por atentado a pudor por olhar? Hahaha sei la!! Olho de rabo-de-olho ate elas seguirem em frente e eu so mais ver a traseira delas e infelizmente a parte traseira não era algo tão fenomenal, ou melhor.. nada fenomenal, esqueceram a bunda em casa. E pra piorar o biquíni das européias é gigante. Então fica algo nada atrativo, biquíni gigante e sem bunda. Me pergunto para que? Se a mulher no brasil não tivesse bunda, ela botaria biquíni de fio de nylon, exatamente para aparecer o que ela não tem. Mas cada cultura é cada cultura e vamos em frente.
Avisto um lugar agradável lá do outro lado da piscina que mais parece um mar. Vou caminhando e Xiiiii, Caraca!!! Para onde olho novamente??? A mulher de top-less!!! Mas desta vez... Xiii que vergonha de falar aqui.. mas... A mulher parece que guarda o peito na meia de tão caído que é... ou no natal ela brinca de papai-noel de dois sacos, ao invés de jogar o saco nas costas ela joga os peitos para trás!! Meu deus do céu!!! Se vc leitora que estiver lendo e tiver peito caído.. mil desculpas. Mas porfavor não se esqueça do meu presente no natal. ;o)
Ahhh e em quase todos estabelecimento aonde os seres humanos podem se banhar ao ar livre, existe sempre uma área chamada FKK, é a área considerada para os peladões. Nesta piscina gigante tem uma área fechada por uma parede de lona com os peladões atrás. Só pode entrar peladão. Eu como um ser normal, que nasceu praticamente com fralda, prefiro ficar na área aonde o ser humano já usa um pouco de roupa.
Volto logo a minha visão a piscina e sigo em frente ao meu lugar escolhido. Já que não tem areia, tem grama. Estico a toalha, pego meu mp3player e sento. Ao me sentar o celular toca e tchumba!!!
“Bruno, você deve voltar para casa, pois o avião que você vai pegar parte daqui a 3horas!”
Meu deus do céu!!! Levanto no mesmo instante, taco tudo dentro da mochila. Saio correndo, quase tropeço ao avistar mais uma pessoa estranha, mas nem vou contar sobre ela senão nunca vou chegar a pegar o avião. =)
Vou que vou, espero o busão tenso ele como sempre parecendo lei de murphy, nesta hora ele não aparece. Tenho que esperar tempo atrás de tempo para que ele chegue, os minutos no relógios correm que nem o ligeirinho pelo méxico. Mas ele chega para minha felicidade.
Quando chego na parada que devo sair, saio! Mas ai.. ainda tenho que andar 1km ate chegar em casa. Morro acima com um sol absurdo, não podendo tirar a camisa por se for tirar alguém pode me denunciar como atentado a pudor.. sim!! Só por tirar a camisa no meio da rua. Engraçado né?
Mulher pode usar topless em piscina e lagos ou todos tem a cultura de trocar roupa na frente de todos ou entrar nas áreas FKK de peladões. Mas homem andar sem camisa na rua, parece ser perigoso. Então logo comigo seria trágico!!! Eu com meu abdômen definido, o tanquinho sinistro. As mulheres vão me assediar, será que todas iriam querer dar uma de lavadeiras? Sei la, eu prefiro não testar, para nem ser preso aqui. Se bem que.. dizem q a prisão aqui é de alto nível, muita gente do ocidente vem para morar na prisão por ser melhor do que as suas próprias casas.
Mas mesmo assim, para mim isto esta fora de cogitação. :o)
Voltando a minha caminhada, chego ao meu destino, ou a casa. Suado!! Tenso e contando os segundos para ver se ainda há tempo suficiente para arrumar tudo, mala e cuia.
Subo correndo para o meu quarto, vejo as roupas no armário, vejo as tralhas pelo quarto e penso.. ai meu deus... não vai dar tempo!! Ainda mais que tenho q entrar na internet para que possa ligar para os parentes dizendo que irei chegar daqui a algumas horas. Ai ai ai, o tempo passa o tempo voa e soh a poupança barmerindus esta numa boa.
É muita coisa para se fazer em 1 hora.
Consigo fazer tudo a tempo, usei o tempo bem, no ultimo minuto que tive, fechei a mala gigante.
Mas ainda tenho que me despedir e agradecer a todos. Ihhh meu deus do céu!! E agora?
Mas sorte a minha que consigo fazer isto também.
Meu tio ainda me leva ao aeroporto, o avião me espera. Ao chegar ao aeroporto, salvo vou correndo a entrada VIP para aviões particulares. Acho ela rapidamente corro adiante vejo que devo passar as malas pelo raiox de vistoria. Taco tudo la, passo pela porta de detector de metais e adivinhem.. BIP BIP BIP!!! AHHHHH que raiva. Tiro relógio, moedas, cinto e passo novamente e tudo okay agora. Pego meus utensílios os recoloco e vou para área vip de espera. E lá está piloto e co-piloto a minha espera. Digo que estou aqui e pronto para a partida, vamos caminhando ate o avião. Okay para vocês fazerem realmente parte da minha viagem.. devo contar como é este avião. É o menor avião do meu tio, os outros 3 estão em manutenção ou em algum lugar outro lugar. Me restou ir no menor. Os 3 outros aviões são jatinhos de altíssimo nível, ultima geração. Mas este.. avião de hélice de 6 lugares, 2 lugares para os pilotos e 4 restantes para os passageiros. Mas tudo muito apertado e tenso. Entro, sento, coloco sinto, faço aquelas perguntas de uma pessoa amedrontada.. como.. “hahaha, este avião é seguro?” ou “já voaram muito com este avião?” e por ai vão umas 10 a 20 perguntas com um tom de brincadeira mas no fundo, estava com um cagasso enooooooorme!!
Okay após as minhas perguntas eles começam a fazer aquela revisão comum que os pilotos fazem entre si para ver se o aviao esta ok e a pista idem para a decolagem. Após uns 20minutos neste ritual, o avião começa a se locomover lentamente e assim lentamente começa a reaparecer o meu medo e assim ele aumenta sucessivamente com o aumento da velocidade do avião. Eu aperto meus dedões fazendo o sinal de figas peço a todos os deuses de todas religiões e crenças que tudo de certo. E então..
UooooooooooNnnnn e ele sobe!!! Ai meu deus do céu!! Estou voando nesta caixa de fósforo e ele sobe mais e mais..
Depois de 10minutos no ar voando reto e reto, ele uoooooooonnn ele faz uma volta e estranhamente ele volta para o mesmo lugar de onde veio, vejo todas aquelas casinhas e casonas novamente. Vejo os pilotos conversando muito entre si, um olhando para cara do outro e o nosso avião perdendo altitude lentamente, ate que o co-piloto me avisa que teremos que pousar por o avião não estar conseguindo atingir a velocidade necessária para que possamos pegar altitude desejada. E assim teríamos que voltar cancelando o vôo. MEU DEUS O CEU!! Fico ainda mais branco, praticamente transparente, começo a suar de cima a baixo de baixo a cima, tento me acalmar mas nesta hora já estou possuído pela tensidao. TRISTASSO!!! Ai já lembro que a pior e mais perigosa fase durante um vôo é o pouso.. então fico ainda mais tenso, mas sem vontade de fechar os olhos, para que ao menos eu possa ter ainda mais últimos minutos ou segundos com a experiência de ver a beleza da terra. Fico orgulhoso de ter nascido e feliz. Relembro vários momentos e pessoas de minha vida que fizeram feliz.
E agora? O que acontecerá? Não posso falar com os pilotos para não os atrapalhar neste momento difícil para eles também. Ate por eles estarem com fones gigantes no ouvido para se comunicarem entre si.
O que acontecerá? O que? Pouso forçado? Pousar, derrapar, quebrar as asas, hélices voando por kilometros, avião em seguida capotando, gasolina escapando voando pelos ares, faíscas aparecendo com a carcassa do avião tocando e deslizando pelo asfalto, podendo assim chegar ate a gasolina e então o avião explodir e eu ser carbonizado e minha família indo ao IML tenso que me identificar pela arcada dentaria ou por sei la o que? Meu deus, nestes poucos instantes já imagino todas os momentos e possibilidades.
Olho pela janela, a pista de pouso esta perto, é a hora ou não de eu encontrar deus? O que será?
Cruzo novamente os dedos fazendo o sinal de figas, rezo e prego a todos os deuses peço a todos de todas religoes e crenças mais força e mais energia positiva para que dê tudo certo desta vez. Cada milésimo de segundo vejo mais e mais perto a pista. E TCHUMMMMMMMMMBA!!! O avião toca o chão meus nervos voa a mil, aperto mais forte os dedos, escuto aquele barulho alto que o avião faz quando pousa e freia. Por enquanto ainda estou pensando, isto quer dizer.. ainda estou vivo. Neste mesmo instante lembro que existem religiões e ceitas que dizem que existe vida após vida e que talvez eu já morri e ainda continuo pensando. Sei la!!!! Sei que continuarei com medo ate que o avião pare por completo. E isto realmente acontece. Inacreditavelmente tudo deu certo no final, ou ao menos quase tudo, não cheguei ao meu destino, passei momentos tensos, medos indescritiveis. Mas não morri e a única coisa que perdi foi o suadouro que passei, isso quer dizer.. perdi talvez algumas gramas. E meu tanquinho sinistro ficara ainda mais sinistro. :o)
Abro a porta ou escotilha do avião, desço, piso no chão, penso se faço o gesto magnífico do falecido Papa João Paulo II de beijar o solo ao sair do avião. Mas decido deixar somente para o falecido e eu só olho para o céu e respiro fundo.
Os pilotos me dizem que terei que pegar o outro avião a paris daqui a 5horas ás 5:30 da manha, numa cidade que fica a 2horas da que estou. Pois bem, meu primo e busca no aeroporto, chego em casa, bebo muito liquido e me deito por 1hora para que chegue a hora em que meu tio me leve para a cidade que fica a 2hras da minha para que eu possa pegar o outro avião a Paris.
Mas como eu vou descansar sabendo que já já terei que entrar em outro jatinho e que desta vez tudo pode acontecer novamente e não dar certo no final. Como vou conseguir respirar sem ficar tenso novamente? Como irei descansar? Ai ai ai..
Tento fechar os olhos e aquela escuridão ao fechar os olhos me faz perguntar se eu realmente preciso chegar tão cedo e de grátis a Paris? Eu bem poderia descansar e pegar um trem a Paris, custando 600 reais. E dificilmente passaria por todo este medo que acabei de passar.
Mas ai o meu diabinho me diz na orelha. “Bruno, bruno!! Para de ter medo, enfrente-o, entre novamente no avião.” É talvez ele tenha razão, por que iria acontecer novamente? Tantas e tantas pessoas viajam em seus jatinhos e aviõezinhos e nada nunca acontece, por que iria acontecer duas vezes seguidas comigo. Pois bem!! Eu vou enfrentar o meu medo agora duplicado.




video




Cansei por hoje!! Outro dia eu continuo. :o)
Beijos e abraços!!

sexta-feira, 27 de julho de 2007

Dias na Austria!



Semanas sem postar nova msg, entao naum vou escrever o dia a dia e sim alguns temas.

BANHEIRO -
Por onde começar.. bem apresentando o banheiro..

Banheiro 1: é sempre um espaço micro aonde só existe um vaso e uma pia pequena. Bide? Duchinha? Esquece, aqui soh existe lixa rabo, o famoso papel higienico.
E eu, fresco como sou, apos fazer numero "2", era algo para mim impossivel imaginar sem bide ou duchinha.. aqui toda vez em q vou fazer numero "2" gasto 1 rolo inteiro, folha por folha. fico 1hora no banheiro, eh algo completamente doentio da minha parte, mas oq posso fazer? Ainda mais que nestes banheirinhos naum existem duchas normais, que ja iriam aliviar a minha frescura. Só posso dizer.. TRISTASSO!! :(

Banheiro 2: Ahhh sim, aqui neste tem lugar para se tomar banhooooo!!! Banheiro clean, bonito, cheiroso, grandeeee, sempre cheio de toalhas de todos os tamanhos para cada parte do corpo. Precisa de toalha para enxugar a cara, usa a toalha "A", ai tem toalha de A a Z, de pé, mao, parte intima da frente, de tras, corpo, rosto, cabelo e assim adiante.
Neste banheiro, pias sao gigantes, quase uma banheirinha. Espelhos grandes parecendo um motel. Produtos espalhados de tudo q eh tipo, se eu citar aqui, vou demorar um seculo para terminar. Existe tb varias coisinhas de cheirinhos pendurados pelas paredes. E olha q nem estamos no banheiro das necessidades fisiologicas.
E agora, DUCHA??? Hmmm.. MUIIIIITO esquisita, toda casa tem uma banheira e dentro desta existe uma ducha presa q sobe e desce, vc podendo adequar ao seu tamanho.
Cortina de ducha, blindex ou sei la oq para naum deixar a agua sair.. isto aqui naum existe, pois eh.. banho = inundaçao geral!!
E qdo a banheira eh micro? vc precisa entrar dentro dela, tem q ficar rodando para a ducha vir na direcao desejada e para piorar como a banheira eh meio oval embaixo.. eh um risco absurdo de escorregoes. Ainda naum chegou o inverno, mas de vez enquando eu ja ando patinando. DENTRO DA BANHEIRA!!! Primeiros dias de banho, foram esquisitos e frustrantes como tensos tambem.
Fazer popo.. isso eh algo DESESPERADOR!!!!

..

TEMA *2* - Desespero

AI MEU DEUS DO CEU!!! Nessa hora de superbruno viro quase a barbie. Ou melhor.. virava.

Minha prima que naum via a anos me liga e eu todo contente com a ligacao dela, converso, conto obre a viagem e falo aquelas baboseiras de quem acabo de chegar de viagem de anos. E obviamente tento marcar algo para rever-la, digo a ela isto e ela na mesma hora tambem topa, pois ambos estao com saudades e querendo botar o papo em dia. Pergunto a ela o que poderiamos fazer, ela diz, "Bruno!!! Voce vem comigo este findi, vamos viajar com meus amigos." Eu fico feliz e logicamente aceito na mesma hora. E marcamos que ela me buscasse no sabado de manha.
Eu dias antes já nao via a hora de chegar sabado de manha!!! Todo ansioso, imaginando varias coisas tranquilas e legais para ver e conhecer, amigos novos, etc...
Sexta a noite, faço a minha mochila, boto camisas maneiras, calca irada, tenis novo, perfume, tudo do bom e do melhor. Deixo separado uma roupa maneira para vestir e dar uma boa impressao a todos. A primeira impressao eh a que fica neh???
Lá chega sabado, abro a janela, aquele dia FENOMENAL!!! SOLZAO!!! sem nuvem, tudo azul forte, os passarinhos cantando, as flores sorrindo, as borboletas voando. Olho tudo e percebo que o dia esta lindo mesmo, menos as minhas remelas!! Eca!!
Tomo aquele banho, como aquele cafe da manha caprichado. Comeco a me vestir, passo perfuminho etc.. enfim. Todo bonitao e cheiroso.
Depois de algum tempo chega a minha prima, ela.. e me deparo.. ela de chinelao, bermudinha e camisetinha. Ate ai ok!!
Damos aquele abraco apertado de saudade, falamos uns 5minutos e ela diz para colocar a mochila dentro da mala, abre a mala. E estranhamente me deparo com cordas, sapatilhas estranha, grampos, varias parafernalhas de escaladas. E logo digo a ela, "Caramba!!! Tanto tempo longe e ate que enfim virou esportista!! Que legal!!! Mas infelizmente hj em dia sou NADA, ZERO esportista." Ela me olha e da aquele sorriso e me diz, "BRUNO!!! Isso eh passado!!!! Voce vai entrar no ritmo!!!" Eu respondo com outro sorriso e digo, "claro, claro!!!". Jogo a mochila dentro do porta-malas e o fecho.
Entramos a dentro do carro, ela da a partida e ali vamos nos, hmmm.. mas para onde?? Ja no caminho a interrompo e pergunto para onde vamos e o que iriamos fazer de legal neste fim de semana. Ela sorridente me responde "BRUNOOO!!! Vamos escalar!!!!". Eu no mesmo intante penso.. escalar?? Hmm E-S-C-A-L-A-R???????? XIII FERROU-SE ai meu deus do ceu!!! PUTA QUE PARIUUUUU!!! E agora? Eu todo medroso de altura, eu sempre quis morar em andar baixo por causa da altura das varandas.. e agora? COMO ASSSIM??? Eu escalar? IMPOSSIVEL.
Ok Ok ela diz q vai ser facil e tranquilo, eh um nivel de iniciante.
Ok Ok... eu acredito, ou talvez finjo q acreditei.
Depois de 2 hras de conversas mais tranquilas, eu QUASE desliguei que iriamos escalar, naum totalmente mas deixo para o lado.
Pergunto a ela qto falta, ela me responde que ja estamos chegando. uHoOoOo!!!
Comeco a pensar por alto, imaginando eu subir umas pedrinhas, uns 2-3metros no max e pronto.
uns 10min depois, ela diz q chegamos. Eu olho para um lado.. um morro, olho para o outro lado.. um lindo lago, todo lindao mesmo. :o)
Paramos ao lado de uns carros, parados no meio do nada. de frente a visao do lago. Infelizmente estavamos uns 50 metros acima do nivel do lago.
Eu olho tudo a minha volta e acho meio estranho, aonde estao as pessoas dos carros. Pergunto a minha prima se vamos ter q andar muito, ela novamente com um MEGA-SORRISO diz que naum, naum vamos ter q andar nada, que era soh olhar para baixo num tipo para-peito de encostamento de estrada. Eu rapidamente vou dar uma espiadinha. PUTAAAAAAA QUE PARIIUUUUUUUUUUUUUUU!!! Varias pessoas a uns 50 metros para baixo e outras numa paredao escalando para cima, para chegar ate aonde eu estou.. Eu na mesma hora pergunto a minha prima se ela esta de sacanagem hahahaha, ela responde que eh iradoooooooo!! Que vamos descer e dormir la embaixo, numa plataforma flutuante no lago. Totalmente CRAZYLIFESTYLE.
Ai meu deus do ceu, penso na mesma hora. O que vim fazer??? Mas logo acho uma alternativa, dormir no carro!!!! Mas eu mesmo me retruco e imagino, kct.. nego vai me achar moh idiota, maior medroso, logo eu.. brasileiro, nascido e criado na selva, no meio de bandidos e traficantes, assassinos e monstros. Passar o final de semana no carro no meio do nada naum seria a alternativa certa. A certa seria entao enfrentar o medo e logo iniciar uma descida na corda de rappel de 50metros, como seria a subida depois? escalar??? ai meu deus do ceu.
Nao me restaram muitas opcoes nem alternativas. Tive que enfrentar. A coragem? Teve que nascer, SUPERBRUNO teve que honrar as cuecas.







A continuacao vem depois. A incrivel descida e o fim de semana completo vira logo em seguida.

Beijos e abracos a todos.

domingo, 8 de julho de 2007

Graz - Lieboch

UoPaa!!



Já to usando meu notebook!!! Consegui!!! UhoOoo agora já tenho novamente Cedinha (Çç) :)



Bemm, continuando a minha viagem..

Chegando na estaçao de Graz, eu tenho que fazer uma forçinha para tirar novamente toda a mala gigante de 25kg do porta malas que fica la em cima. Penso logo no peso, flexiono meus musculosinhos, faço para todos aquela cara de, vai ser facil e logicamente leve para mim. Mas quando toco na mala e dou aquela primeira puxada.. vixiii.. ela ta presa!! E eu como vou fazer ainda mais forá estando de ponta de pé? Enfim, mudo a minha cara, faço aquela careta de realmente estar fazendo força, empurro daqui, empurro dali, puxo, puxo mais uma vez e sorte a minha isto esta funcionando. Esta de desemperrando. Dou aquela ultima puxada, aquela... de quase cair para tras de tanta força. E ai esta a mala em minhas maos novamente, sao e salva.

Pego-a puxo-a todo corcurda saio do trem, sigo novamente o fluxo e o fluxo para minha tristeza sobe uma escadaria de mais ou menos uns 200 degraus, posso estar exagerando.. mas nesta hora me pareciam ser mais de 1000 degraus.

Como eu ja estava tudo de ruim, oq me custava piorar né? La vou eu, subo de degrau a degrau, em cada um paro, respiro, olho e vou adiante para o proximo degrau. Chegando ao topo.... vejo a minha frente pessoas saindo da porta da esperança. E eu? na escaria dos desesperados!!! A porta da esperança era.. UM ELEVADOR!!!! PUTA QUE PARIU!!! MACACOS ME MORDAM!! Existia um elevador atras desta escadaria de 200 degraus q mais me pareciam ter 1000. TRISTASSO!!!!

Apos a minha frustraçao me viro e vejo.. uma estacao de trem toda moderna, bonitona, tudo limpo, tudo perfeito. Cheio de lanchonetezinhas com varios paes, sanduiches, docinhos.. aqueles para atrair as criançinhas!!
Mas e agora?? Tenho que ligar para meu tio me buscar.. como? Procuro e acho um orelhao, introduzo o meu cartao telefonico de chamadas internacionais. E nada deste funcionar.. procuro entao algum lugar para que eu possa comprar um cartao telefonica regional. Pergunto a um seguranca, este me aponta para uma casa loterica, agradeço e sigo adiante ate esta. Logo na entrada me deparo com uma pequena fila de 10 pessoas a minha frente. Espero ate que chegue a minha vez, mas infelizmente.. a mulher da minha frente comeca a discutir com a atendente da loterica, por estar faltando a nota. A mulher da loterica diz q jah lhe entregou e manda ela dar mais uma olhada, isto fica num lenga-lenga ate que a atendente sai de tras do balcao, vai ate a mulher.. abaixa, abre uma lixeira em frente desta mulher e retira realmente o tal da nota. A mulher q jogou fora, logicamente fica com uma cara de taxa e esnobemente se retira do ambiente. Aleluia, chegou a minha vez, compro o cartao telefonico. Chego ao orelhao e pronto.. fico uns 5 a 10 minutos tentando e nada de conseguir completar a chamada. Novamente pego minha mala de 25kg de alca quebrada, boto a mochila gigante nas costas e me dirijo novamente ao seguranca e o pergunto o que eu estaria fazendo de errado por naum conseguir completar chamada alguma, nem com o cartao telefonico internacional e nem com o regional. O seguranca com um leve sorriso maroto me diz, q eh simples! Eu deveria colocar um 0-ZERO a frente destes numeros que estava ligando. Pois estou dentro da area e naum na area internacional. Eu o agradeco e sigo novamente com os meus trambolhos pesados ate o orelhao, faço o que foi me dito e incrivelmente funcionou hehehehe. 20-30min soh por causa de um maldito 0-ZERO!!!!
Ligo feliz para o meu tio e logo sou guiado via telefone para ir pegar outro trem e direcao a Lieboch que partiria daqui a 5min.
Meu deus do ceu!!! E agora??
Pego a mochila, jogo a nas costas, pego a mala, puxo a rapidamente para o elevador, o elevador estava mto longe.. me viro corro em direcao a escadaria, desco-a que nem um louco puxando a mala de 25kg com a alca quebrada. Corro mais uns 50metros para chegar a subida da linha deste. Subo a escadaria para chegar na linha. E TCHUMBA!!! ACREDITEM... Ele milagrosamente ainda estava la paradinho.. Pego folego e corro para sua entrada, subo nele e olho para os ceus, ou melhor para o teto do trem mesmo e agradeco que desta vez algo deu certo. Depois da sétima estacao vem o anuncio dizendo que a proxima estacao era a minha. QUE FELICIDADE!! Pego todos os meus pertences e chego a porta do trem para aguardar a tao esperada estacao de Lieboch!!!
Salto do trem e meu tio ja me aguarda de bracos abertos para a minha recepcao. Eita felicidade!! Cheguei de verdade ao meus destino programado.

A historia segue, com inumeras novidades e acontecimentos nestes primeiros dias. Aguarde!!!

Beijos e abracos a todos.

quinta-feira, 5 de julho de 2007

Viena :-)

Alow alow!!!
hahaaha
Parte 2 do inicio de minha aventura.

Enfim.. a chegada a viena..

A saida do aviao... tranquilinha...
agora procurar aonde terei q pegar a minha mala. Sigo o fluxo, e pronto acho aquela rolagem por onde as malas chegam.
Me junto a todos em volta a rolagem, olho e reparo q ainda naum saiu nenhuma mala pela portinha de saida de malas. Entao logicamente dou uma olhada em minha volta para ver as pessoas que estao esperando as suas malas. Tudo bem tranquilo ate bem la no inicio da fileira, em frente a entrada das malas, um ser MUITO estranho. Parecia um Alienigena!!! O cidadao Plutaniano, tinha mais de 2metros de altura, magricelo, uns 30anos, oculos esculos, cabelos lisos pintados de branco, oculos anos 30 escuros, calca coladinha de couro preto, jaquela justinha de couro preta cheio de argolas e sei la oq, bengala preta, bota de cowboy preta! Enfim, ESTRANHO!
Olhei e naum ri sozinho em silencio. Para minha felicidade chegou a minha vizinha de poltrona, aquela.. de 80 e blau anos. E disse, que normalmente sempre da sorte com a rapidez de suas malas, e para que ela foi falar isto, uns 3minutos depois chegou a sua mala, ajudei-a a colocar em seu carrinho e desejei boa sorte em sua viagem pela europa. E ai esperei, esperei e esperei.. e nada da minha mala aparecer.. qdo soh faltaram umas 10 pessoas chegou a minha. Esperei a todo feliz e agradecendo que naum foi extraviada. Pego a.. e TCHUMBA!! O q reparo de imediato??
A MINHA MALA NOVINHA, QUEBRARAM!!! Quebraram aquela paradinha de puxar, alca/alssa (no teclado alemao naum existe C-cedilha) metalica.
tive que entao puxar a mala pela alcinha pequena e andar corcunda.
Saio entao da alfandega e dou uma olhada para ver se ainda meu primo me espera, primo q naum vejo a 10anos, naum tenho nem ideia como ele esta hoje em dia.
Ao menos uma coisa!!! Ele milagrosamente se lembrou de mim!! E veio com um sorrisao pra cima de mim e nos demos um abraco saudoso. E claro aquelas primeiras palavras. "como foi a viagem?" "qtos anos naum nos vemos" etc..
O carro dele estava mais ou menos uns 300 metros, em um estacionamento. Otimo, la fui eu.. corcunda e puxando a minha malinha de 25kg de alca/alssa quebrada.
Cheguei cansado, com dores. mas cheguei!! Taquei a mala dentro do carro e fomos para casa.
Chegando la, ele acende um 2, me oferece, mas eu digo que soh bebo, bebo tudo o que de resto naum faco/fasso.
Ele me apresenta a sua filha que mora no apto da frente. Loirinha 3anos, bonitinha. Como diz a Hebe "Uma gracinha".
Alguns minutos depois, ja escuro. (aqui na austria esta escurecendo as 22:00) Ele me chama para irmos encontrar a irma dele, minha prima e alguns amigos em um bar. Eu, claro!! Sem sono, limpinho e sem dores, logicamente fui. Descemos os 4 andares, a pé.. os mesmos 4 q subimos antes A PÉ! Por que nos predios pequenos, baixos, naum existe elevadores, pois eles sao construcoes de mais de 100anos.
Pronto, cruzamos algumas ruas, atravessamos outras vielas e chegamos no metro. Descemos a escadaria do metro, viramos, passamos pelo guiche e chegamos na passarela de entrada para o metro. Na hora da espera eu me tóco!! Ueh que estranho, sem roletas, sem pagar?? 1° mundo? eh isso? SIMM!!!! Eh isso!!! Mas pergunto por curiosidade. E ele me responde, que logicamente teriamos que pagar, mas que *esquemos* desta parte. Hmmm.. eu logo digo.. sai do brasil a 24hras, cheguei a umas 2 e vou ser preso daqui a uns 10min?? Hmmm.. hahahaha mas enfim, ja era tarde para pensar sobre isto e aceitei. E aiiii... Oq acham??? delinquente?? Naum precisa achar nada!!! A policia esta chegando, diretamente em nossa direcao!!!! Eu engoli seco e perguntei.. "e agora?" Ele, meu primo. Responde.. "e ai nada, relaxa, qualquer coisa temos q pagar". Os 3 policiais, param ao nosso lado. E eu, TENSO!!!! O metro chega, entramos, sentamos e os policiais logo atras. Eu novamente olho a minha volta, para conhecer e ver como eh o metro austriaco. Nossa!! Tudo moderninho, nem parece que tem vagoes, eles sao colados e abertos entre eles. As pessoas?? Susto!!! Tinham varios imigrantes, naum avistava austriacos, apenas meu primo e os policiais. O restante eram turcos, asiaticos, indios da india e negros. E logo pensei, eu brasileiro, eles imigrantes tao quanto, pq os policiais iriam me pedir algo e naum a eles? Ai fiquei mais tranquilo e segui a minha viagem adiante.
Ate a chegada!! subimos e chegamos a uma praca bem no centro de viena. La teriamos que esperar a minha prima.
Esperando.. 1min aseguir chega um jovem, de preto! meio cara de drogadinho e sai falando com meu primo e me cumprimenta tb e fala num dialeto meio esquisitao, achei normal para a situacao. 2min depois, chega outro de bicicleta e sai falando com meu primo tb e fala sobre univercidade e naum sei mais o que. uns 5min chega outro e comprimenta tb e tal. Ai se despede tb e segue adiante. Eu digo ao meu primo, q parece q ele eh bem conhecido por aqui. Ele me responde com um leve sorriso, isto nunca me aconteceu.. apenas conheco o ultimo q veio falar. O restante nunca vi. E este ultimo ele me diz que acabou de sair da cadeia, bem.. haahah logo imagino, para onde vamos hoje? oq vamos faze`r?? Irei conhecer o submundo de viena logo antes de conhecer as maravilhas e os pontos turisticos tao sonhados por todos??
Ufaa antes de terminar de pensar, chega a prima de bicicleta. Na europa se anda muito de bicicleta, mais do que de carro. Ela chega e me da um abraco saudoso.
E entao fomos caminhando para o tal bar.
5 euros a entrada, levo uma carimbada de um cara lotado de tattoo pelo rosto e zilhoes de piercings. a dentro um monte deles. Logo sou apresentado para mais um monte, esta ja mais normais para mim. Enfim.. era um bar cheio dos estilos, todos juntos e misturados.
Pegamos uma cerveja, aquelas grandonas!!! A cerveja ate q era boa. Naum tao amarga das quais me lembrava.
E fomos conhecer o bar inteiro. Este bar era repleto de estudantes de univercidades de viena.
E eu.. sujo, imundo, cheio de sono, cansado, cheio de dor, exausto e com o fuso trocado. Me cai a ficha.. CARACA!!! to a mto tempo sem fazer popo..e neste examo instante me surge aquela vontade.. meu olho da uma volta e meu cerebro pesa para pensar.. "como fazer popo fora de casa, sem bide ou chuveirinho?".. okkkk.. aqui eh 1° mundo, deve ser um banheiro bem limpo e cheiroso e com pouco barulhos para se poder concentrar.
Ok digo isto ao meu primo, ele ri e me aponta o lugar do banheiro.
Chego nele e abro a porta.. DUAS mulheres se beijando!!! Nossa!!! Oq faco, para onde olho, oq eu digo, viro a cara ou naum?? Vi logo q eram feias e deixei para la, isso so seria mais uma atracao se fossem bonitas, abro a porta para um box, sento e tento relaxar. Sai de la sem exito. Naum consegui. TRISTE porem FELIZ!!
Volta bebo mais um chopp converso bastante com meus primos, foi animado!! E mais exaustivo ainda, pois alem de sujo, imundo, cansado, exausto, cheio de dores.. ainda estava meio alto ou bebinho.
Chego em casa, deito e so acordo no dia seguinte.
Enfim, hora de dar tchau!! A viena.
E partir para Graz.
Acordei meio dia horario da austria, isto eh.. 7 da manha horario de brasilia. TRISTASSSSSSSSSSSSSSO!!!
Meu primo ainda me leva para a estacao de trem e ainda lanchamos um paozinho bem austriaco e bem gostoso. Tomo um refri especial austriaco tipo guarana do brasil. Chamado Albendudler. Eu o adorava a 10-12anos atras.. e hoje?? como seria?? Hmm naum tao adoravel mais!!
O primo ainda me deixa na porta do trem e eu entro feliz.
Mas logo percebo q naum havia lugar ideal para deixar uma mala gigante, aquelas de ficar 1ano no lugar de tao grande.
Olho para os outros e vejo que eles botam seus perteces acima no vao acima dos acentos. Levanto a malinhas leve de 25kg e a boto la. Ela ficou meio para fora e fiquei com medo dela cair durante a viagem em cima da cabeca de alguem e eu ser condenado em meu primeiro dia a tentativa de homicidio.
A cada 10min me levanto e vejo se ela naum deu uma mexida e a empurro novamente para o seu vao. Mas logicamente ela estava tao presa q naum era necessario.
2horas de viagem, entre montanhas, vilarejos, lugarejos, casinhas todas bonitinhas com florzinhas em suas bancadas, vaquinhas (aquelas do chocolate milka) em todos os pastos verdes verdinhos. tudo tao perfeito e inacreditavel de organizado. casinha aqui, varandinha la, tudo tudo bem elaborado e feito. Imagina o zé pequeno aqui??
Infelizmente naum aguento ver tudo oq acontece pela viagem de duas hras de trem, por causa do cansaco!!
A chegada a Graz segue amanha!!

Saudades de todos.
Beijoss e abracos!!!




Ida a Europa!

Meu primeiro blog, meu inicio da viagem de 1 ano.

Iniciando..

Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

Minha viagem a Europa.


Chegada ao aeroporto foi corrida, pois como sou todo enrolado e atrasado, fiz as malas alguns minutos antes da minha partida para o aeroporto. O que levei para ficar 1 ano fora de casa? Notebook, documentos, mp3 player, cds com fotos, algumas roupas e um bichinho de pelucia. :-)
No aeroporto estavam, Mamae, Titia, Lindona, Gabriel, Nanda, Christian, Rafa, Cesar para se despedir de mim.
Sobre o que senti naum vou escrever aqui pra naum dar uma de frutinha. ahhaha

Entao apos esta despedida entrei ela porta preta para inciar a viagem.

Capitulo 1. - Rio-Paris-Viena

Alfandega. fila apos a porta preta, gigantesca, umas 150 pessoas na minha frente. TRISTASSO. E isso ainda com aquele sentimento de, será que estou fazendo a coisa certa??
Ate entao, tudo normal.. mas qdo botei o pé no aviao.. xiii parecia "cruzeiro das loucas", um monte de homem falando fino, lotado de frances com jeito estranho e assim vai..
Fui em direcao ao meu acento, e como SEMPRE!!!! Sou premiado com o pior lugar, acento 29b.
poltrona 29a (janela) quem esta sentado?? Priscila a Rainha do Deserto??
Me consolei pensando.. vou dormir a viagem inteira e nada de esquisitisses pra cima de mim. Ou entao talvz ninguem vai se sentar na poltrona 29c q era a do corredor e estava vazia.
Ok... coloquei minha mochila no porta treco e me sentei. 2minutos apos, vem um cara meio estrnho logo perceptivel, la do inicio do corredor. Andando com mais 3amigos atras. qdo chega mais perto.. vejo, inperceptivel VARIASSSSS coisas escritas em ARABE!!!!! E com uma bandeira grde estampada. E para finalizar.. ELE chega cada vez mais perto e pronto.. SE SENTA EXATAMENTE na poltrona 29c, AO MEU LADO!!!!!! E os outros arabens sentam espalhados um pouco atras.
Eu pensei, ok ok, estranho eh.. mas tranquilo. mais 2min minutos depois.. chegam uns 3 homens e pedem para que o arabe o acompanhe, ele se levanta e chega seus amigos.Okk..
Se passa 10-20-30minutos e nada acontece.. o vôo ja esta bemmm atrasado e tchum!!! Uma informacao do comandante no autofalante. Algo assim.. "Desculpem nos pelo atraso, o atraso esta sendo por causa de falta de docmentacao de 2 passageiros e que estem terao q se retirar do aviao como tambem as malas terao que ser achadas no porta malas do aviao"
Logo pensei, algo aconteceu com o meu querido vizinho de poltrona. E o frances ao meu lado deve ter pensado o mesmo, e logo disparou a sua matraca de voz fina. "nossa que demora, algo aconteceu" e isso e aquilo ate que ele disse algo do arabe. E logicamente tive q responder tudo e ser simpatico, pois seria uma viagem longa. E com isto trocamos algumas opinioes sobre oq poderia estar acontecendo neste exato momento e que deveria ter sido com o nosso companheiro arabe. A conversa era em frances, ingles e alemao tudo misturado, mas dava para entender tudo. O frances para mim " Arab Explod Booom" hahahha e eu ja tava imaginando o mesmo.
1hora depois o tal do arabe volta com a sua trupe de amigos e senta.
o frances logo pergunta se o arabe falava frances ou ingles, ele entendeu mas disse q soh falava portugues e arabe. O frances pediu que eu trauzisse.." O que aconteceu? Por favor nada de bomba aqui."
E agora? Como eu iria traduzir isto?? Pior que o arabe ja entendeu a palavra bomba.. ai tive q traduzir.. como tive q traduzir a viagem inteira.
O arabe tinha cafe dentro da mala, com isto a policia federal logo desconfiou jah q ele era arabe.
Mas depois deste longo tempo foi provado que era apenas cafe.
E ele disse que era Sirio. E historicamente os Sirios e os Franceses naum se dao bem, cada um jah foi expulso de cada pais e assim adiante.
Eles se perguntam tudo, eu traduzo e cada pergunta uma pior que a outra.
Por exemplo..
O arabe para o frances- " Voce foi ao brasil para fazer turismo sexual? "
E assim por diante ate comecarem perguntas e ataques de perguntas e respostas de politica historica.
Mas neste meio tempo eu fiz uma pergunta ao arabe para sei la pq.. talvez resolver a agustia de saber se ele vai explodir algo ou naum..
Perguntei a ele oq ele fazia da vida, e entao... a resposta dele foi inacreditavel para mim.
Ele respondeu que era Padre da igreja CATOLICA!!!
PUTA QUE PARIUUU!!! Agora mesmo achei q ele iria explodir o aviao e q a profissao era apenas um alibi, um bem impossivel!!!
Ai ja comecei a pensar de tudo, a melhor forma que pensei q TALVEZ pudesse escapar de um sequestro ou morte ou sei la, era talvez fazer uma grande amizade e passar confianca. Ele olhava para o bebe ao lado falando q bebe lindo e eu logo falava o mesmo, falava que achava um absrudo a policia ter feito isto com ele, soh pq hj em dia todo mundo acha q arabe sao todos q nem os do 11 de setembro em NY. E na verdade, eu tava pensando o mesmo e me peidando todo.
E isso foi a viagem toda.
Ate o final tive um certo medo, mas gracas a deus ou alá, deu tudo no final e nada de BOOOM!!!
Mas em Paris perdi o aviao para viena por causa do tempo que perdemos no aviao no rio.
Esperei 8 horas no aeroporto de Paris, achando q eu era o Tom Hanks no filme " Terminal" .
ufaaa chegou a hora de embarcar para viena, entro e jah entro reyando para que desta vez eu tenha companheiros melhores de poltronas.
Sentei ao meu lugar, era um dos priemiros a entrar entao tive q esperar os mes dois companheiros.
No aviao entra uma FROTA de velhinhos, tudo acima dos 80. lota aviao e logicamente 2ao meu lado. Tudo americano conhecendo a europa.
E novamente atraso!!! Iniciou um TEMPORAL!!! Jah fiquei desesperado achando que iria brincar de "terminal" novamente.
Mas com tanto sono, apaguei!! E soh acordei qdo o aviao pousou em Viena.
Cheguei de verdade agora!!!