quinta-feira, 5 de julho de 2007

Viena :-)

Alow alow!!!
hahaaha
Parte 2 do inicio de minha aventura.

Enfim.. a chegada a viena..

A saida do aviao... tranquilinha...
agora procurar aonde terei q pegar a minha mala. Sigo o fluxo, e pronto acho aquela rolagem por onde as malas chegam.
Me junto a todos em volta a rolagem, olho e reparo q ainda naum saiu nenhuma mala pela portinha de saida de malas. Entao logicamente dou uma olhada em minha volta para ver as pessoas que estao esperando as suas malas. Tudo bem tranquilo ate bem la no inicio da fileira, em frente a entrada das malas, um ser MUITO estranho. Parecia um Alienigena!!! O cidadao Plutaniano, tinha mais de 2metros de altura, magricelo, uns 30anos, oculos esculos, cabelos lisos pintados de branco, oculos anos 30 escuros, calca coladinha de couro preto, jaquela justinha de couro preta cheio de argolas e sei la oq, bengala preta, bota de cowboy preta! Enfim, ESTRANHO!
Olhei e naum ri sozinho em silencio. Para minha felicidade chegou a minha vizinha de poltrona, aquela.. de 80 e blau anos. E disse, que normalmente sempre da sorte com a rapidez de suas malas, e para que ela foi falar isto, uns 3minutos depois chegou a sua mala, ajudei-a a colocar em seu carrinho e desejei boa sorte em sua viagem pela europa. E ai esperei, esperei e esperei.. e nada da minha mala aparecer.. qdo soh faltaram umas 10 pessoas chegou a minha. Esperei a todo feliz e agradecendo que naum foi extraviada. Pego a.. e TCHUMBA!! O q reparo de imediato??
A MINHA MALA NOVINHA, QUEBRARAM!!! Quebraram aquela paradinha de puxar, alca/alssa (no teclado alemao naum existe C-cedilha) metalica.
tive que entao puxar a mala pela alcinha pequena e andar corcunda.
Saio entao da alfandega e dou uma olhada para ver se ainda meu primo me espera, primo q naum vejo a 10anos, naum tenho nem ideia como ele esta hoje em dia.
Ao menos uma coisa!!! Ele milagrosamente se lembrou de mim!! E veio com um sorrisao pra cima de mim e nos demos um abraco saudoso. E claro aquelas primeiras palavras. "como foi a viagem?" "qtos anos naum nos vemos" etc..
O carro dele estava mais ou menos uns 300 metros, em um estacionamento. Otimo, la fui eu.. corcunda e puxando a minha malinha de 25kg de alca/alssa quebrada.
Cheguei cansado, com dores. mas cheguei!! Taquei a mala dentro do carro e fomos para casa.
Chegando la, ele acende um 2, me oferece, mas eu digo que soh bebo, bebo tudo o que de resto naum faco/fasso.
Ele me apresenta a sua filha que mora no apto da frente. Loirinha 3anos, bonitinha. Como diz a Hebe "Uma gracinha".
Alguns minutos depois, ja escuro. (aqui na austria esta escurecendo as 22:00) Ele me chama para irmos encontrar a irma dele, minha prima e alguns amigos em um bar. Eu, claro!! Sem sono, limpinho e sem dores, logicamente fui. Descemos os 4 andares, a pé.. os mesmos 4 q subimos antes A PÉ! Por que nos predios pequenos, baixos, naum existe elevadores, pois eles sao construcoes de mais de 100anos.
Pronto, cruzamos algumas ruas, atravessamos outras vielas e chegamos no metro. Descemos a escadaria do metro, viramos, passamos pelo guiche e chegamos na passarela de entrada para o metro. Na hora da espera eu me tóco!! Ueh que estranho, sem roletas, sem pagar?? 1° mundo? eh isso? SIMM!!!! Eh isso!!! Mas pergunto por curiosidade. E ele me responde, que logicamente teriamos que pagar, mas que *esquemos* desta parte. Hmmm.. eu logo digo.. sai do brasil a 24hras, cheguei a umas 2 e vou ser preso daqui a uns 10min?? Hmmm.. hahahaha mas enfim, ja era tarde para pensar sobre isto e aceitei. E aiiii... Oq acham??? delinquente?? Naum precisa achar nada!!! A policia esta chegando, diretamente em nossa direcao!!!! Eu engoli seco e perguntei.. "e agora?" Ele, meu primo. Responde.. "e ai nada, relaxa, qualquer coisa temos q pagar". Os 3 policiais, param ao nosso lado. E eu, TENSO!!!! O metro chega, entramos, sentamos e os policiais logo atras. Eu novamente olho a minha volta, para conhecer e ver como eh o metro austriaco. Nossa!! Tudo moderninho, nem parece que tem vagoes, eles sao colados e abertos entre eles. As pessoas?? Susto!!! Tinham varios imigrantes, naum avistava austriacos, apenas meu primo e os policiais. O restante eram turcos, asiaticos, indios da india e negros. E logo pensei, eu brasileiro, eles imigrantes tao quanto, pq os policiais iriam me pedir algo e naum a eles? Ai fiquei mais tranquilo e segui a minha viagem adiante.
Ate a chegada!! subimos e chegamos a uma praca bem no centro de viena. La teriamos que esperar a minha prima.
Esperando.. 1min aseguir chega um jovem, de preto! meio cara de drogadinho e sai falando com meu primo e me cumprimenta tb e fala num dialeto meio esquisitao, achei normal para a situacao. 2min depois, chega outro de bicicleta e sai falando com meu primo tb e fala sobre univercidade e naum sei mais o que. uns 5min chega outro e comprimenta tb e tal. Ai se despede tb e segue adiante. Eu digo ao meu primo, q parece q ele eh bem conhecido por aqui. Ele me responde com um leve sorriso, isto nunca me aconteceu.. apenas conheco o ultimo q veio falar. O restante nunca vi. E este ultimo ele me diz que acabou de sair da cadeia, bem.. haahah logo imagino, para onde vamos hoje? oq vamos faze`r?? Irei conhecer o submundo de viena logo antes de conhecer as maravilhas e os pontos turisticos tao sonhados por todos??
Ufaa antes de terminar de pensar, chega a prima de bicicleta. Na europa se anda muito de bicicleta, mais do que de carro. Ela chega e me da um abraco saudoso.
E entao fomos caminhando para o tal bar.
5 euros a entrada, levo uma carimbada de um cara lotado de tattoo pelo rosto e zilhoes de piercings. a dentro um monte deles. Logo sou apresentado para mais um monte, esta ja mais normais para mim. Enfim.. era um bar cheio dos estilos, todos juntos e misturados.
Pegamos uma cerveja, aquelas grandonas!!! A cerveja ate q era boa. Naum tao amarga das quais me lembrava.
E fomos conhecer o bar inteiro. Este bar era repleto de estudantes de univercidades de viena.
E eu.. sujo, imundo, cheio de sono, cansado, cheio de dor, exausto e com o fuso trocado. Me cai a ficha.. CARACA!!! to a mto tempo sem fazer popo..e neste examo instante me surge aquela vontade.. meu olho da uma volta e meu cerebro pesa para pensar.. "como fazer popo fora de casa, sem bide ou chuveirinho?".. okkkk.. aqui eh 1° mundo, deve ser um banheiro bem limpo e cheiroso e com pouco barulhos para se poder concentrar.
Ok digo isto ao meu primo, ele ri e me aponta o lugar do banheiro.
Chego nele e abro a porta.. DUAS mulheres se beijando!!! Nossa!!! Oq faco, para onde olho, oq eu digo, viro a cara ou naum?? Vi logo q eram feias e deixei para la, isso so seria mais uma atracao se fossem bonitas, abro a porta para um box, sento e tento relaxar. Sai de la sem exito. Naum consegui. TRISTE porem FELIZ!!
Volta bebo mais um chopp converso bastante com meus primos, foi animado!! E mais exaustivo ainda, pois alem de sujo, imundo, cansado, exausto, cheio de dores.. ainda estava meio alto ou bebinho.
Chego em casa, deito e so acordo no dia seguinte.
Enfim, hora de dar tchau!! A viena.
E partir para Graz.
Acordei meio dia horario da austria, isto eh.. 7 da manha horario de brasilia. TRISTASSSSSSSSSSSSSSO!!!
Meu primo ainda me leva para a estacao de trem e ainda lanchamos um paozinho bem austriaco e bem gostoso. Tomo um refri especial austriaco tipo guarana do brasil. Chamado Albendudler. Eu o adorava a 10-12anos atras.. e hoje?? como seria?? Hmm naum tao adoravel mais!!
O primo ainda me deixa na porta do trem e eu entro feliz.
Mas logo percebo q naum havia lugar ideal para deixar uma mala gigante, aquelas de ficar 1ano no lugar de tao grande.
Olho para os outros e vejo que eles botam seus perteces acima no vao acima dos acentos. Levanto a malinhas leve de 25kg e a boto la. Ela ficou meio para fora e fiquei com medo dela cair durante a viagem em cima da cabeca de alguem e eu ser condenado em meu primeiro dia a tentativa de homicidio.
A cada 10min me levanto e vejo se ela naum deu uma mexida e a empurro novamente para o seu vao. Mas logicamente ela estava tao presa q naum era necessario.
2horas de viagem, entre montanhas, vilarejos, lugarejos, casinhas todas bonitinhas com florzinhas em suas bancadas, vaquinhas (aquelas do chocolate milka) em todos os pastos verdes verdinhos. tudo tao perfeito e inacreditavel de organizado. casinha aqui, varandinha la, tudo tudo bem elaborado e feito. Imagina o zé pequeno aqui??
Infelizmente naum aguento ver tudo oq acontece pela viagem de duas hras de trem, por causa do cansaco!!
A chegada a Graz segue amanha!!

Saudades de todos.
Beijoss e abracos!!!




2 comentários:

paula disse...

hahhahahhahhaha
q figuraaaaa
só vc msm bruno, to morrendo d rir aqui c as suas histórias!!!

Ana disse...

deve colocar mais fotos seguido da um comento pequeno ,assim menos cansativo e mais divertente!!