sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Paris - Suiça - Munich

É mané!!
Depois de certo tempo tenho que escrever novamente algo aqui. E acho que tenho que ser mais breve com minhas postagens, elas tem ficado cada vez maiores.

Continuando sobre a viagem a paris, ééé.. aquela que eu me tremi todo..
que deu uma pane no avião... TRISTASSO!!!!
Mas como eu sobrevivi, posso continuar com a historia. Felizmente!!! :o)

Volto a estaca zero, cheio de medos, duvidas e pensamentos negativos. Ai ai ai... o que será agora?
3:30 da manhã saio de casa rumo a cidade de Klagenfurt para pegar o outro jatinho e decola as 5:45 da manhã.
Que tristeza, acordar a esta hora para viajar 2 horas em uma Autobahn de 5 pistas de ida e mais 5 de volta, retas e mais retas alguns vários túneis passando por de baixo de montanhas gigantes e congelantes.
Carros passando a 200km/h sem a menor preocupação, todos são muito organizados até nas rodovias e estradas. 1ª pista, claro.. acostamento, 2ª pista são para caminhões e carros lentos, 3ª pista para carros lentos mas não tão lentos quanto os lentos. :o) 4ª pista para uma viagem agradável para se dirigir normal entre 110km/h até os 130km/h. 5ª pista é para ultrapassar os carros da 4ª pista, mas ao ultrapassar na 5ª pista logo se volta para a 4ª pista para não atrapalhar os seguintes. E por final a 6ª pista é utilizadas pelos frenéticos ligeirinhos, os que andam acima dos 200km/h. Não tem como explicar por aqui, só sei que é algo absurdamente organizado e respeitado. Se torna chato dirigir. :p
Meu tio me leva usando a 6ª pista da autobahn para que possamos chegar a tempo para o meu vôo. Formula 1 em plena Áustria.
Eu nem pude ter medo da velocidade pois ela se passa imperceptivel pela qualidade da rodovia e pelos carros que trafegam, só carrão silencioso!!! O meu Golf no Brasil, que é novo e para nível Brasil é silencioso, seria um chocalho para nível Áustria. TRISTASSO!!!
Ao chegar na cidade de Klagenfurt e em seu aeroporto, logo procuro a entrada V.I.P. para poder pegar o meu jatinho destino a paris. Os dois pilotos já estão a minha espera, quando já pegam as minhas malas, eu ainda me despeço de meu tio e sigo os pilotos até o avião. É, esse é um avião!
6 lugares novamente, 2 de pilotos e 4 de passageiros, mas desta vez era um jatinho elite.
Sento em meu acento, me prendo ao cinto de segurança. E vamo que vamo!!! Dou uma olhada geral no avião para ver se tem algo incorreto, não sou especialista.. mas quem sabe não vejo algum parafusinho solto ou uma porca froxa ou um pássaro preso em uma das turbinas, sei lá né.. vai que vejo algo a tempo antes de decolar para que ninguém passa perigo. Melhor 6 olhos do que apenas os 4 dos pilotos. Felizmente eu não achei nada, mas para eu ter feito isso eu na verdade estava achando infelizmente, pois estava tenso para pegar o jatinho, vai que acontece algo de novo.. e quando acontece pela segunda vez..sempre acontece pior..
Mas como eu não achei nada, não achei a desculpa para ficarmos no chão e não decolarmos, vamos ter que decolar e eu engolir a minha tensão!! RUMO a PARIS!!
E lá começa todo aquele ritual novamente dos pilotos e claro o meu também.
O deles de verificar tudo, o meu? O meu de rezar para todos os deuses.
E depois de alguns vários minutos, o avião começa a se locomover lentamente e assim lentamente começa a reaparecer o meu medo e assim ele aumenta sucessivamente com o aumento da velocidade do avião. Eu aperto meus dedões fazendo o sinal de figas peço a todos os deuses de todas religiões e crenças que tudo de certo. Mas eu em seguida já desfaço as figas e desaperto os dedões por da ultima vez não ter dado tão certo, ai fico pensando pensando em que novo poderia fazer mas... então..
UooooooooooNnnnn e ele sobe!!! Ai meu deus do céu!! E ele sobe mais e mais..
Pisco, repisco dou mais uma piscadinha, olho para um lado, olho para o outro, ainda estou vivo!!!
Alguns minutos após eu começo a me acostumar novamente com um jatinho, meu medo não esta mais me consumindo 100% naquele momento estava só mais em uns 87,7%, sinal bom né? :o)
Ao passar pelas nuvens, o avião dá aquela chaqualhada normal, mas neste caso a chaqualada é um pouco maior, pois o aviao é um pouquinho menor que aquele tradicional 747. :o)
Mas até está me sai bem!! Estou me reacostumando aos prazeres da vida.
Mais tarde não vejo mais nuvens, vejo apenas montanhas calcificadas com neve e gelo em seus picos, estes estão deveriam ser os Alpes, neste momento deveríamos estar sobre a suíça, eram montanhas seguidas de montanhas. Uma maravilha!! (Tinha que abafar o medo!!)
Após as 2 horas de vôo a Paris, com um pouso perfeito e sem maiores frustrações. Me encaminho para a saída para pegar um táxi. O táxi como de comum aqui na europa, mercedes E500.
Entro no táxi e como uma pessoa simpática logo começo a me comunicar, o táxi um Togolês (Togo – país Africano), sabe como é né? Sem falar francês, e sem francês gostar de se comunicar em inglês.. ai tem problema, mas isso a gente que é malandro e sangue-bom tiramos de letra.
Togo é um pais que foi para a copa pela primeira vez em sua historia, então obviamente qualquer Togoles deveria saber sobre futebol nesta altura do campeonato. E logo digo que sou Brasileiro!! E que Togo surpreendeu na Copa do mundo, pronto!!! Começou o papo!!! Papo vem, papo vai, a base de sinais e sons. A comunicação foi boa até o lugar de meu destino em Paris.
“É shok! Aqui nois tenta se virar com que nois tem!!!”
Paris, Paris!!! Pois é estou em Paris!!! Mas como o Hilton está lotado!! (Se for Paris, só se for Hilton) Vou seguir adiante com a minha viagem e vou para meu destino na Suíça. Mas usando TGV!!! (TGV-Trem bala, atinge a uma velocidade acima de 400km/h e atravessa toda a frança.)
Logicamente tive que ir desta forma a suíça. Para ter idéia, uma viagem assim tipo Rio-SP, custa neste trem algo em torno de 500 reais. Mas o propósito é este!!! Andar de TGV!!!!
Espero algumas horas para que eu possa pegar o TGV com destino a Lausanne-Suiça.
Na estação vejo inúmeros TGV’s chegando e saindo, parece uma nave espacial o bichinho.
Não vejo a hora de pegar o meu com destino ao meu destino. :p
Eu me sento em um dos bancos de espera na estação de Lyon, a estação lotadaaaa de turistas e de franceses como também de imigrantes. Sabe como é né... ficar esperando sentado por horas se torna um saco, eu já não sabia para onde olhar, para onde me mexer, aonde colocar os pés, as mãos e por ai vai. E levantar cada vez era um risco de perder o lugar e ficar sem por horas.
Pois é. TRISTASSO!!!!
Ao meu trem-bala chegar eu me levanto e sigo em direção a ele, para achar o meu lugar marcado, meu lugar era num vagão longe a vera, só sei que eu ando muito ate chegar ao meu vagão, isto que ainda tenho que levantar a minha mala de agora uns 35kg, e depois tenho que botar a tal mala também no porta mala que fica acima dos acentos a uns 2metros de altura. TRISTASSO é levantar uma mala gigante que ainda por cima pesa 35kg e um bando de pessoas te olhando a cena ridícula que é. Eu fazendo careta, botando a lingua entre os dentes e fazendo força+equilíbrio para colocar a mala sobre o acento a 2metros de altura, era tanta informação de equilíbrio e força mais a vergonha que as veias em minha testa ficaram a mostra.
Dentro do TGV tudo muito moderno, portas-automaticas, varias telas com informações adicionais a viagem, etc...
Claro que com toda a sorte que eu tenho, não pude de ficar honrado em poder me sentar ao lado de uma francesa com uma criança no colo. Quando a vejo eu dou um sorrisinho, não de flerte e sim de “oi! Eu sou o seu vizinho de poltrona!”. Essa mesmo me joga um sorriso de volta e a criança me olha com cara de sapeca. Ela se senta em seu lugar na janela e eu me contento com o meu lugar de corredor.
O trem como marcado parte no minuto exato marcado em seu bilhete. Ele começa a rolar acima dos trilhos, eu olho por entre a francesa e o pequenino dela em seu colo para avistar os primeiros momentos da viagem. A criança por si própria, fica toda entusiasmada fala e repete zilhoes de vezes TGV!!! TGV!!! E assim por diante começa a perguntar, para onde o TGV vai, o que era aquilo ali que esta passando na janela, as vezes a mãe nem conseguia responder por nem conseguir avistar por o TGV ser tão rápido. Pois bem, a viagem seria de 4hras e 3minutos. SERIA!!! Mas no meio do caminho em uma estação em q paramos deu algum problema e assim teríamos que esperar 2 horas!!!!!! Ai meu deus do céu!!! E a criança não parava de pentelhar cada minuto que se passava no relógio eu ficava mais e mais tenso e a criança ao invés de descansar depois de ter falado por 3hras interruptas ela parece que vai falar por mais 10 ou 20hras sem um descanso. A mãe coitada, nem ela agüentava mais. Ela tentava brigar e a criança começa a responder ou gritar, gritar? Sim!! GRITAR!!!!! Ela começava a gritar no meio do vagão, todas as pessoas ficavam olhando para mim por eu ser alto e ainda estar sentado na janela, talvez as pessoas pensavam que eu pudesse ser o pai, o tio, o irmão mais velho, ou sei la, algum grau parentesco que pudesse fazer com que fizesse calar a criança. Mas infelizmente ou felizmente eu não era nada desta criança e da mãe. Tive que me conter com a vergonha e com a criança berrando ao meu lado e a mãe que eu achava coitada, eu já começava a pensar bem feito a ela, por ela não saber criar o filho de uma maneira mais educada. Meu irmão!!! Eu aqui escrevendo já fico com raiva de lembrar, a viagem parecia tipo viagem de dar a volta ao mundo, não acabava, nada dava certo a criança babava de esperniar de gritar de berrar de chorar.
A minha viagem de trem-bala que deveria ser agradável e confortável, se transformou na viagem de trem-dos-horrores. TRISTASSO!!!!
É mané berimbau não é gaita não!!!
Naturalmente depois de eu chegar com duas horas de atraso ninguém mais estaria me esperando em estação alguma para me levar para casa.
Ao chegar na estação de Lausanne depois de 6 horas de viagem dos horrores no trem-bala. Eu preciso ligar para meu primo, para que me buscasse.
Okay!! Agora a odisseya de ligar, meu deus do céu, tudo para mim é uma complicação que só!
O orelhão é em outro andar, então para chegar ate ele, tenho que levar as minhas pequenas malinhas para outro andar, via escadarias. Lá vou eu!!! Pego todas malas e vou subindo de degrau por degrau, suando num frio de 6 Graus celcius, é mane!! Já já viro o incrivel-hulk!
Era então a subida! Ao atingir o andar eu vejo que o orelhão não aceitava euros, nem reais, nem dólares, aceitava apenas Francos-Suiços. E aonde eu iria arrumar agora francos suíços em pleno domingo numa estação pequena e já tarde a noite?? Pois é... Lá vou eu, desço todos degraus, de degrau por degrau, mala por mala, força por sem força.
Pergunto as poucas pessoas que ainda estão nesta estação se elas trocariam para mim euros por francos em moedas e nada de eu conseguir, na boa, já tava pensando em pedir esmola, para conseguir os poucos francos suíços que eu precisaria para fazer uma ligação sequer.
Vou para a rua, não para pedir esmolas mas sim para pedir a algum taxista para que possa trocar 5 euros por alguns francos suíços. E o taxista mal humorado nega, um absurdo, um FDP!!
Então eu faço melhor, eu me sento no táxi e digo que quero ir ate o mais próximo hotel, ele pega minhas malas e coloca no banco de trás, eu me sento ao seu lado e la se vai a ida de táxi.
No primeiro sinal eu digo que quero voltar para a estação de trem, ele não entende e eu digo que quero voltar e para que ele não discuta pois eu estava pagando.
Então ele da a volta e em 1minuto estava de volta a estação e o pago, e ele teria que me dar o troco em franco.
Pois bem então obtive os meus francos de uma maneira justa e um cambio pré-escrito pela lei.
Volto e subo novamente a escadaria para ir ao orelhão, consigo falar com o meu primo e ele me diz para pegar o próximo trem para a cidade vizinha, o trem sairia daqui a 40 minutos.
Okay, né? Quem já passou por tudo em algumas horas, o que seriam 40 minutos então?
Ao chegar o meu primo me busca num conversível espetacular, mas e daí? Com o frio que esta num conversível eu virei picolé!!! Congelei!
Ele logo me leva ao seu hotel, Rive Bleu, que fica na outra pontinha do lago de Genebra, pois é.. o lago mais luxuoso de toda a europa. Eu trabalharia aqui neste hotel e em mais 6 restaurantes que ele possui em volta do lago de genebra. Ao chegar no hotel eu logo janto uma ótima comida típica africana, carne de anlilope. Tomo um banho e vou dormir que amanha será um novo dia. :)

O novo dia!! Minha nossa senhora!!! Acordar de frente ao lago de Genebra é outro nível. É algo absoluto. Lago de genebra é cercado por montanhas gigantes e cidadezinhas extremamente lindas. Com direito a castelinhos e palácios que rodeiam toda a região. Algo realmente fabuloso.
A frente do hotel fica a “praia” do lago e com um gramado gigante, aonde todos tomam sol.
Existem pedalinhos, barquinhos a remo, caiaques e lanchinhas a motor. Aquelas lanchinhas dos anos 50, feitas em madeira, tudo muito chique e tradicional.
Tudo simplesmente perfeito. Tão perfeito que não agüentei sequer uma semana. Como assim??? Como não agüentar meses ou anos em um lugar perfeito? Pois é o Brunão aqui, não gosta das coisas perfeitas. :p
Simbora do lugar perfeito e vamos procurar um novo destino na europa.
Em uma breve pesquisa pelo mapa. Quase um Uni-duni-tê, a cidade escolhida foi Munich na Alemanha. Loucura? Pode ser, isso se chama crazylifestyle.com.
Ao decidir em alguns segundos o futuro. Ligo para querida minha mãe para contar da novidade. Ela por minha sorte me apóia em tudo como também tenta confiar em mim.
Conto os motivos de minha decisão, ela não gosta muito, mas me compreende e me deixa seguir o meu novo rumo. Ela ainda me ajuda ao entrar em contato com uma velha amiga da família para ver se eu poderia ficar alguns dias sobre em sua casa para que eu pudesse procurar algum novo lugar para ficar e um emprego. Minha mãe é minha mãe! Mais que mãe, meu anjo da guarda!
Então pego minhas malas, digo adeus ao lugar perfeito e sigo rumo a estação de trem. Compro o primeiro bilhete possível com destino a Munich – Alemanha. Tive incrivelmente sorte, o primeiro trem com destino a Munich, partiria daqui a 10minutos. Mas ai logo vem um pequeno azar, tenho que trocar 6 vezes de trem até chegar ao meu destino e a viagem duraria 7 horas e 43 minutos.
Mas o que me importa isto? Já me acostumei com todas estas horas e horas de viagem.
Corro para o meu trem, jogo a minha mala de 35kg no porta-malas que fica acima dos bancos a 2 metros de altura, já to ate me acostumando com o tal do equilíbrio e a força. Faço todo o ritual de sempre, e me sento. Desta vez não há nenhum vizinho de assento. Tenho dois lugares só para mim. Eita felicidade!!! O trem não é um TGV da vida, os bancos não são nada confortáveis, mas e daí? A partir daí tudo era para ser só felicidade!!! Ainda mais iniciando com dois assentos só para o Brunão aqui!!
Para que fui agradecer tanto??? Em menos de 30min de viagem o trem para em outra estação para pegar novos passageiros, acreditem ou não.. entra um grupo enoooooorme de turistas chineses ou japoneses, só sei que falavam tudo xinguilingui e tinham aquela cara de terem algo azedo na boca para fechar tanto os olhinhos e ficarem com olhos puxadinhos.
Okay!! Cada xinguilingue tava equipado com bandeirinha da excursão, goma de mascar, lenço de choro ou sei lá de que, casacão de frio e logicamente abastecidos com utensílios tecnológicos, como mp3player, celular que se parece um transformer, filmadora e logicamente inúmeras câmeras fotográficas ou digitais.
Ao meu lado quem se senta? Um xinguilingue bem arrumado, com duas câmeras fotográficas penduradas em seu pescoço. E com um sorriso de orelha a orelha.
A viagem reinicia e os xinguilingues não paravam quietos com a sua fala esquisita de xun xun xin xá la bin bin bin xá ka la ka bin. Era uma gritaria uma felicidade, parecia aqueles ônibus de torcida de jogo de final de campeonato estadual, mas neste caso de final de campeonato de karate ou aikido ou sei la o que!!!
Meu irmão!! Não dá para escrever como era, os bichinhos estavam transtornados de felicidades, ao menos era essa a sensação me passavam. E o xinguilingui ao meu lado? Parecia uma maquina de tirar foto de 3x4, não parava quieto com a câmera, passava um castelinho.. ele tirava umas 20 fotos, passava um casa... ele tirava mais umas 20 fotos, passava um muro... tirava mais 20 fotos, passava uma plantação.. mais 20 fotos, passava não sei o que.. eram mais 20-40-100 fotos. E a cada foto ele me dava um sorriso amarelo de felicidade. Na boa, eu tava me achando numa boate, era luz e flash para tudo que é lado. E os outros? Faziam a mesma coisa!!!!
Outra hora um pai xinguilingue começou a brigar com a talvez filha ou sobrinha xinguilingue de uns 20anos aproximadamente, a coitada começou a chorar, dá para imaginar xinguilingue chorando? Nem tente imaginar!!! Os olhos de puxadinhos já parecem com os que choram e prendem seus olhos, mas desta vez eu percebo que deus fez tudo certo e pensou em tudo, eles já nasceram com os olhos chorando, mas quando realmente choram, eles arregalam os olhos e as lagrimas jorram para todos os lados parecendo aqueles springers de molhar plantas, aqueles coisas que giram jorrando água nas plantinhas. É mane, xinguilingue chora assim.
Tadinha da xinguelingue deve ter perdido o momento exato de tirar a foto perfeita do álbum 654365464 do pai xinguilingue.
A viagem foi tensa e duradoura!! Entre flashs e chorros eu ainda tento descansar, algo que se torna impossível, pois a cada momento era um flash.
Ahhh e quase esqueci das criançinhas no banco da frente com as bandeirinhas da excursão.
As criancinhas não paravam de mexer as bandeirinhas para cá e para lá. Até que a mãe xinguilingue ofereceu um lanchezinho aos dois e sei lá o que aconteceu, as crianças de aproximadamente uns 6-7anos começaram a brigar, ou talvez a lutar um kung-fu na poltrona da frente, era algo assustador, parecia uma mistura de pokemon com cavalheiros dos zodíacos.
TRISTASSO!!!
É querido leitor, ta vendo? A vida é um aprendizado ainda mais dentro de transportes públicos.
Após de algumas horas chegamos a Zurich, ainda na Suíça. Mas já na parte que se fala alemão. Menos mal para mim. Na estação de Zurich devo esperar agora 35minutos até pegar o próximo trem a munich. O que fazer durante este tempo? Alem de carregar as malas pesadas por ai, queria comprar algo para ler e para beber como também para comer.
Logo avisto uma banca e entro para escolher uma revista. Como não sei o que queria ler e o que ler, por ser tudo novidade para mim, todas revistas são aquelas que nunca folhetei em minha vida. Então tive que procurar algo que agrade o meu gênero.
Pois é.. a vida não é dura! Mas mole eu tenho certeza que ela também não é! Ao folhetar umas 2 revistas para ver o conteúdo de cada, me aparece o carinha do caixa com um sotaque de algum pais da europa ocidental e me fala “Você veio para comprar revista ou apenas ler sem precisar pagar?”. Na boa!! Eu não pensei duas vezes e respondi. “Pega suas tralhas e suma daqui, você esta despedido!”. HAHAHA!!!! Tinha que ver a cara do jornalheiro romeno/húngaro ou sei la que nacionalidade que ele tinha. O cara fez a cara mais hilária do mundo, se fechou tudo e virou a cara e voltou pro caixa e disse não entender o que aconteceu! HAHAHA eu logo aproveitei da situação e queria zuar mesmo, ainda tinha alguns minutos e perguntei a ele se ele não tinha escutado o que eu disse, com tanta convicção que o cara ficou com cara idiota. E para finalizar eu ainda disse. “Relaxa aí mane!” e dei meia volta e sai da banca. Fiquei meio tenso por talvez ele vir atrás de mim ao perceber que era uma farsa. Andei um pouco mais rápido e fui a direção de uma loja que vendia bebidas e esperei por la até a chegada de meu trem. É mane!!! A vida é essa!! :DChega o meu trem, eu entro, faço todo aquele ritual novamente e depois sento aliviado com que nada deu errado e dou um sorriso maroto e feliz por uns 5 a 10minutos eu fico rindo sozinho sobre o que aconteceu. Simplesmente esplendido. :o)

45 comentários:

Bernardo Salgado disse...

Bruno, teu blog t� mto fera..Mto interessante ler sobre a sua viagem. Quem pode pode, quem n�o pode fica s� lendo mesmo!
Hehehe
Abra�os!!

Juliana disse...

nem li!

♥Dulcy Santos♥ disse...

Oi seu blog ta maneiro...
Passa no meu se poder ok?
bj

Mc Tathá disse...

Oii! tudo bem?!
eu so de uma comunidade do orkut sua!
e eu acabei vendo seu blog!
eu Li! tha muito massa!
interessante a historia!
uhehueuhe

se der depois da uma passadinha nu meu Okayz?!

www.tatas2paulo.blogspot.com

Beijokas fica com Deus!

Mc Tathá

Anônimo disse...

joder bruno!!! como te enrollas!!!

Kaju disse...

Cara que inveja Paris!!!!! Tudo de bom,bjao!

Paula Louzada disse...

Aii que 10 ficar lendo sobre sua viagem, a gente viaja junto,hehe.
Viu e voce não tirou foto não?
gostaria de ver!!
qlq coisa manda foto pra mim
paulaloumel@hotmail.com

jessica disse...

muito bom...
otimo, vc escreve super bem parabens descobri seu blog na comunidade la ''odeio segurar vela''
^^

Jack Dutra disse...

Ow, muito legal... to rindo d+++, sua viagem é massa.
Bjos

ice cubes disse...

Nem li =/

Anônimo disse...

Mto grande, fiz leitura dinâmica, Mr. Hitch! Mas sou boa em leitura dinâminca, podexá. Vale ressaltar a parte “Pega suas tralhas e suma daqui, você esta despedido!”.
Bj no coração
Nadine

Ana disse...

ZZZZzzzzzzzzzzzzzzzzzz....

MMALANCE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

kkkkkk

muito fraco mesmo, haja falta do q fazer

Anônimo disse...

nem curti vi num "já riu hoje? NAAO? veja isso" e fiquei pior ainda, horrivel mal escrito e pra ignorantes. paris! ual que maneiro ¬¬'

francisca disse...

oi adorei seu glog achei ele muito interessante arrazou d+++

Nina disse...

aii,, simplesmentee A-M-E-I teo blog Bruno, agentee viaja junto com vousee, estou doida pra ler a continuação de tua aventuraa,, qualquer coisaa ma add nina_olima@hotmail.com

Beijoos*

GAP disse...

meio negativo mas é interessante.... seja mais pra frente e veja q massa está sendo sua viagem... destaque os pontos positivos... e deixe os negativos pra la...

abs

Alexandre disse...

alexandre....

bom cada viagem um livro...já pensou?!

o sucesso ....claro tem q ter comédia...um pouco pelo menos...

abraços...!!!!

Psicodelika disse...

Depois de passar 5 trilhões de minutos lendo o seu post "breve", este último, só resta sair do chão para a cadeira depois cair de tanto rir!

"É mane, xinguilingue chora assim."

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Boas aventuras! Se divirta aê!

Sensacionais as estórias!

PS: Acho q vou colocar no "favoritos"! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Adriana Soares de Souza disse...

Oiieee!!!
Eu me chamo Adriana S. hehehe
Sem querer vi sua mensagem... hehehe
E como eu não gosto muuuiiitooo de ler, acabei lendo! rs
História grande e divertida... rsrsrs
Vc deve ter passado por mt outras aventuras, e essa foi incrível!
Un forte abraço! E continue descobrindo o mundo enquanto pode!
Bjão!
Fiq com Deus!...

dioguinho disse...

Muito interessante seus relatos
parabéns

lessandra10 disse...

"Passeando" pelo orkut achei teu blog. Simplesmente impressionante! Lembrou-me a leitura do livro "Utopia", que te faz entrar na história, visualizar, participar, rir e chorar como se tivesse presente! Parabéns!

s2* Danny s2* disse...

putz... q história...
e q folego posta tudu isso...bem bacana teu blog...


vo passa por aki mais vezes td bem?

bjuz

by:Dannyfps.blogspot.com

PATRICK disse...

AE MAN SEU BLOG TA SINISTRO LI SO UM ATE AGORA !!1:19 DA MADRUGA TAMBEM !!RSRSRS

drymartini disse...

oooeee!
manero hein!
passa lá!

Anônimo disse...

Brunoo...Tristasso é ver que alguns tem péssimo humor e vem deixar comentários grotescos aqui....não liga não...deleta....rss.
As suas histórias são engraçadíssimas e saiba que adorei passar por aqui....Abraços....Rê

Mina, só Felicidade!!! disse...

Olá Bruno, tdo bom?
Kra, sou de uma comuna do orkut criada por tí e acabei lendo tua postagem Tristasso... que viagem foi essa?rsrsr
Tú não dava uma dentro, kra!!! Realmente, rir bastante lendo (tdo que precisava no momento!rsrs)e espero poder ler mais...
Grande bju, fique com Deus!!!

nina disse...

Bruno! Muito bom!!!Tava super desanimada e li seu blog. Tristasso...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
resultado: rizaço!!!
Tudo de bom!
Tá nos favoritos.

bjs, Sabrina.

li_cavallini disse...

Vida mole hein

Maria disse...

Meu amigo como tudo acontece com vc não é?? Amanhã tb pego avião e vou te confessar odeio aquilo...hauhauh, e faço igualzinho vc fez, faço figa (apertando tanto os dedos que fica roxo) e apelando pra tudo o quanto é de relião...hauauhau

Muito bom o que li!!!!

Maria Eduarda

Eduarda disse...

A é né por nada não... mais tu é GATASSO...hauahauh

Gisele Moraze disse...

Vc, realmente, é uma figura!

annie disse...

Eu dei tanta risada até minha barriga começar a dor quando eu tava lendo o seu relato sobre os xinguilinguis... kkkk

Mto bom!

wandaalves.s disse...

cara nem consegui ler da tercrira linha em diante

Anônimo disse...

ZZZzzzZzzZzZ..... ki tééédio!!

Anônimo disse...

aff num era pra rir? '¬¬

Rafael souza disse...

maneira sua historia cara ..eu estou na italia agora ..minha historia è muito parecida com a sua ..ilaria pacas .. abraço !

Blog do cabeludo disse...

ahhhhhhhhhhhh, textos interminaveis

luizao disse...

muito bom cara gostei

elzasill disse...

Poxa Bruno, creio que sua viagem deve estar sendo muito chata! Você só escreve textos longos, discritivos demais e com histórias sem a nada a ver. Quem está longe e tem vontade estar no seu lugar quer saber os lugares legais, experiencias legais, o que é diferente daqui, enfim... já que vc quer ter um blog desse tipo(contando suas aventuras) que sejam aventuras, não chatices.

vilson disse...

Eu to assistindo os jogos de futebol através do site www.tvdigitalnopc.com.br

Adriana s disse...

Se você tem Smart TV esse é o site www.tvdigitalnopc.com.br

ghee disse...

O melhor sistema de TV HD www.tvhd.com.br

sergio disse...

Oi galera, gostaria de uma ajuda, eu adquirir um pacote de TV HD no PC no site www.tvhd.com.br tenho acesso a vários canais através de um painel de controle que eu visualizo no próprio navegador, como eu faço para gravar os programas e série de TV no meu PC, lembrando que não tem nem um programa instalado no meu PC é todo pelo próprio navegador 100% online.
Quem tiver uma ideia, por favor, me ajude meu e-mail: riclife@ig.com.br